PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Rubinho ousa nas ultrapassagens, mas sofre com pneu furado e é 22º em sua estreia na Stock

Rubens Barrichello é visto nos boxes após ficar em 22º lugar na etapa de Curitiba - Miguel Costa Jr./MF2
Rubens Barrichello é visto nos boxes após ficar em 22º lugar na etapa de Curitiba Imagem: Miguel Costa Jr./MF2

Do UOL, em São Paulo

21/10/2012 10h27

Rubens Barrichello já havia avisado que a sua primeira corrida na Stock Car seria “divertida”. Mas acabou sendo até demais. Aconteceu de tudo e um pouco com o estreante de 40 anos na etapa de Curitiba neste domingo. Toque na largada, ultrapassagens ousadas, fogo no carro do colega e até um pneu furado que comprometeu sua prova e fez com que ele terminasse apenas na 22ª posição, após largar em 15º.

A vitória ficou com Átila Abreu, que venceu de ponta a ponta e resistiu aos ataques de Allam Khodair, que chegou em segundo lugar. Daniel Serra completou o pódio da etapa de Curitiba, e Cacá Bueno ampliou vantagem na liderança do campeonato ao chegar em quinto e ver o vice-líder Ricardo Maurício abandonar logo no começo.

Mas as atenções estavam mesmo voltadas para o carro número 17 de Barrichello, que não ficou imune à confusão generalizada no meio do grid na primeira curva após a largada. Ele tocou Antonio Pizzonia, foi tocado por Rodrigo Sperafico e precisou ficar quase parado na pista para poder escapar e seguir em frente.

Depois da confusão da largada, Barrichello caiu para a 21ª posição. Enquanto isso, o carro de Lico Kaesemodel ia para a grama em chamas, assustando os presentes. Mas o piloto escapou com agilidade após pôr à prova pela primeira vez o novo banco de fibra de carbono.

No meio da prova, Barrichello decidiu partir para o ataque e, após usar cinco vezes o botão de ultrapassagem, já era o 16º colocado. Uma manobra ousada sobre David Muffato, colocando por fora e ficando lado a lado com o oponente na curva, mostrou que o veterano tem talento em qualquer categoria.

Mas o azar também perseguiu Barrichello, que teve o pneu traseiro esquerdo furado faltando 12 minutos. Ele ainda conseguiu se arrastar até os boxes, mas não conseguiu nada melhor do que o 22º lugar após voltar para a pista. Seu companheiro de equipe Xandinho Negrão não foi muito melhor e acabou em 19º. 

Barrichello tentará melhor sorte em sua segunda corrida na categoria no dia 11 de novembro, em Brasília. Após 20 anos correndo em monopostos, o vice-campeão da Fórmula 1 decidiu se aventurar nos carros de turismo para disputar a Corrida do Milhão, que vai encerrar o campeonato de Stock Car em São Paulo no dia 9 de dezembro. 

RESULTADO DA ETAPA DE CURITIBA DA STOCK CAR

POSIÇÃO
PILOTO
TEMPO
1
Átila Abreu
41min28s509
2
Allam Khodair
a 2s6
3
Daniel Serra
a 4s0
4
Valdeno Brito
a 5s9
5
Cacá Bueno
a 10s8
6
Nonô Figueiredo
a 11s9
7
Antonio Pizzonia
a 15s8
8
Julio Campos
a 16s6
9
Vitor Meira
a 17s2
10
Galid Osman
a 23s2
11
Giuliano Losacco
a 23s6
12
Ricardo Sperafico
a 25s5
13
Max Wilson
a 25s8
14
Denis Navarro
a 27s2
15
Diego Nunes
a 27s4
16
Luciano Burti
a 28s4
17
David Muffato
a 29s7
18
Eduardo Leite
a 34s9
19
Xandinho Negrão
a 37s9
20
Tuka Rocha
a 38s6
21
Claudio Capparelli
a 44s8
22
Rubens Barrichello
a 1 volta
23
Rodrigo Sperafico
a 3 voltas
24
Patrick Gonçalves
abandonou
25
Pedro Boesel
abandonou
26
Lico Kaesemodel
abandonou
27
Duda Pamplona
abandonou
28
Fabio Carbone
abandonou
29
Thiago Camilo
abandonou
30
Ricardo Maurício
abandonou
31
Ricardo Zonta
abandonou
32
Popó Bueno
abandonou

Esporte