PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Colin Kaepernick faz treino com os Raiders

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

25/05/2022 18h39

O quarterback Colin Kaepernick, ex-49ers, esteve treinando com o elenco do Las Vegas Raiders nesta terça-feira (25). O jogador, que não entra em campo na NFL desde 2016, deve treinar durante a semana com a franquia, de acordo com Adam Schefter.

Em 2020, o dono dos Raiders, Mark Davis, filho do falecido Al Davis, outro ativista de direitos civis, disse que, caso o general manager ou os treinadores da equipe quisessem, estariam livres para assinar com o quarterback. O coordenador ofensivo do time, Mick Lombardi, já trabalhou com o QB nos 49ers, quando era assistente do treinador principal.

Kaepernick, de 34 anos, está sem um time desde que começou a ajoelhar durante o hino americano, em 2016, em forma de protesto aos diversos problemas relacionados ao racismo nos EUA, como os constantes casos de assassinatos de afro-americanos nas mãos de policiais brancos. Com isso, devido a uma série de fatores, que vai desde o conservadorismo dos atuais donos das franquias até o temor por uma represália dos fãs de mesmo pensamento, o quarterback sofreu com um boicote da NFL, o que o levou a processar a liga.

O ativismo do atleta mobilizou uma série de manifestações pela liga. Em 2017, vários jogadores de diferentes times participaram desta união, incluindo um protesto em Londres, com a equipe dos Ravens. Donald Trump, presidente dos EUA na época, solicitou aos donos das franquias que demitissem aqueles que protestassem, contudo, não obteve sucesso.

É o primeiro treino com uma equipe da NFL do jogador desde esta sucessão de fatos. Sua última visita a uma franquia havia sido em 2017, com o Seattle Seahawks. Entretanto, o atleta seguiu com atividades de forma externa à liga, incluindo um treino com os recebedores de Michigan, do seu ex-HC Jim Harbauch, publicando passes e jogadas diversas vezes nas redes sociais.

Kaepernick participou, em 2018, da campanha de 30 anos do slogan “Just Do It” da Nike, com frases como “Acredite em algo, mesmo que isso signifique sacrificar tudo.”, e seguiu com manifestações em prol dos direitos civis e da igualdade nos EUA, que vão, desde a publicidade até doações para fundos de mesma luta.

Os Raiders renovaram nesta offseason com o QB Derek Carr, num contrato de 3 anos e US$ 121,5 milhões (cerca de R$ 586,3 milhões na cotação atual). Portanto, uma possível assinatura com o jogador teria finalidade de trazê-lo ao banco do time, condição que o jogador disse aceitar: “Eu sei que tenho que encontrar meu caminho de volta. Então, se eu tiver que entrar como reserva, tudo bem”.

Na sua última temporada pelo San Francisco 49ers, Colin Kaepernick teve 16 TDs e 4 interceptações, com 2241 jardas passadas, completando 59,2% dos passes. Ele ainda correu para 486 jardas e 2 TDs, com uma campanha de uma vitória e 10 derrotas, jogando em um elenco ainda defasado. Ele levou a franquia ao Super Bowl 47, em que acabou sendo derrotado pelo Baltimore Ravens.

Futebol