PUBLICIDADE
Topo

Futebol

No Draft, Ravens trocam Marquise Brown com os Cardinals

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

29/04/2022 01h03

A primeira rodada do Draft de 2022 da NFL foi como o prometido: o puro caos. E parte desta novela se dá pela primeira grande troca envolvendo um jogador na noite. O Arizona Cardinals trocou sua escolha de primeira rodada, de número 23, com o Ravens, pelo WR Marquise Brown e a 100ª escolha geral. Segundo Dov Kleiman, o próprio recebedor pediu para ser trocado no fim da última temporada. Inclusive, ele já estava na festa do Draft de sua nova franquia após a divulgação da notícia.

Draftado em 2019 na 25ª escolha, em três temporadas, ele acumula 195 recepções, com 2361 jardas e 21 touchdowns. Ele evoluiu gradualmente desde que chegou na liga e ano passado, mesmo com Lamar Jackson fora por cinco jogos, teve seu melhor desempenho, com 1008 jardas em 91 recepções, sendo essas seis para o touchdown.

Vindo de Oklahoma, Hollywood Brown foi o principal alvo de Kyler Murray no ano em que o QB ganhou o Heismann Trophy. Os dois se elegeram para o Draft juntos e, após a primeira escolha do Cardinals ser destinada ao quarterback, havia expectativa que ele pudesse cair para a 2ª rodada e, já naquela época, formar uma dupla fora da universidade. Demorou, mas aconteceu, e Murray finalmente pode dar as boas-vindas ao seu novo WR pelo Twitter: "Vamos fazer de novo! Hollywood para o deserto! Seja bem-vindo meu garoto.”

Steve Keim, em entrevista logo após a escolha, disse que irá, logicamente, exercer a opção de 5º ano de contrato do novo WR. De acordo com o Spotrac, enquanto neste ano o WR terá um impacto em torno US$ 2,1 milhões (R$ 10,37 milhões na conversão atual) na folha salarial da franquia, em 2023, com a cláusula ativada, seu salário passa a ser de US$ 13,4 milhões (R$ 66,2 milhões).
Os Cardinals, como eles próprios esperavam, não teriam um WR bom o suficiente que justificasse a seleção naquela posição.

A procura por recebedores ocorreu de forma intensa e os nomes que sobraram seriam possivelmente um reach. Embora essa questão justifique a troca, a possibilidade de somar ao elenco um edge rusher ou um trade down para acumular capital de draft pesam contra a franquia. A curta duração do vínculo contratual com a franquia, apesar da extensão de 5º ano, são outro fator negativo, considerando principalmente a inflação do mercado de recebedores.

Os Ravens, não ficaram com a escolha 23. Ela ainda foi trocada novamente com o Buffalo Bills, que a usou a para selecionar o CB Kaiir Elam, de Flórida. E finalmente, na 25ª escolha geral, o time de Baltimore selecionou o Center Tyler Linderbaum, de Iowa, que, somado ao S Kyle Hamiltom, dá ao time um excelente primeiro dia de draft.

Futebol