PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Na prorrogação, Real Madrid vence Elche e avança na Copa do Rei

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

20/01/2022 17h37

Nesta quinta-feira (20), o Real Madrid visitou o Elche, pelas oitavas-de-final da Copa do Rei, e venceu, na prorrogação, de virada, por 2×1. Verdú marcou para o Elche e Isco e Hazard marcaram para o Real Madrid.

O resultado leva o Real para as quartas-de-final da Copa, onde vai encarar o Cádiz.

PRIMEIRO TEMPO

Antes da bola rolar, houve um minuto de silêncio em homenagem a Paco Gento, ídolo do Real que morreu no último dia 18, aos 88 anos. Gento era o jogador com mais títulos da história do Real Madrid, com 23. No último domingo, com o título da Supercopa da Espanha, o brasileiro Marcelo igualou a marca de Gento.

O jogo começou sem grandes emoções, sem ninguém criar chances de perigo, mas aos 10 minutos, o Elche veio para o ataque, Josán Fernández invadiu a área e cruzou rasteiro para Carrillo, na pequena área, com o goleiro batido, mas ele mandou no travessão, perdendo uma chance inacreditável.

Mas fora essa chance, o jogo estava fraco, de fato. Nenhuma grande chance além dessa nos primeiros 25 minutos. A segunda chance clara do jogo veio aos 25, de novo do time do Elche, com Carrillo cabeceando e exigindo grande defesa do goleiro Lunin.

Depois dos sustos, o Real criou duas grandes chances: primeiro com um chute de Camavinga da entrada da área, mas no meio do gol, facilitando para o goleiro Werner, e depois com uma canetaça de Marcelo para cima do zagueiro, cruzando para Vázquez, que não alcançou.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou com o Real Madrid indo para cima buscando o gol, mas sem criar grandiosas chances. Mesmo com um time misto, o Real conseguia ficar mais com a bola, mas não conseguia convertê-la em gol.

Em um jogo amarrado, as jogadas individuais podem ser decisivas, como Marcelo tentou: aos 12 minutos, ele fintou o marcador e chutou de pé direito de fora da área, e ela passou muito perto.

Ancelotti resolveu apelar para alguns titulares que estavam no banco, colocando Modric e Casemiro em campo. Aos 31, já surtiu efeito, com Casemiro recebendo de Rodrygo e arriscando de fora, exigindo boa defesa de Werner.

No lance seguinte, Vinícius Júnior recebeu na ponta, passou por dois, cruzou rasteiro, mas a zaga cortou.

O Real teve outra grande chance brasileira: Rodrygo recebeu na entrada da área, tocou para Marcelo que, de letra, acionou Vinícius Júnior que finalizou, mas no meio do gol, tranquila para Werner.

Conforme o jogo ia acabando, o Real ia subindo mais ao ataque e cedendo mais espaços ao Elche, que passou a apostar no contra-ataque, mas não conseguia criar chances reais.

O 0x0 persistiu e o jogo acabou. Logo, prorrogação.

PRORROGAÇÃO

A prorrogação segue mostrando o que vinha sendo o tempo normal: Real com posse de bola, mas sem criar grandes chances.

Aos 5 minutos, quase que o Elche abriu o placar com Gumbau batendo falta na entrada da área, mas Lunin fez uma defesaça para evitar o gol dos mandantes.

E o Real se complicou na prorrogação: em um contra-ataque rápido do Elche, Morente recebeu e ia ficar na cara do gol, mas Marcelo cometeu a falta e foi expulso.

E para piorar, na cobrança de falta, Verdú mandou na barreira, mas ele próprio pegou o rebote, chutou e viu ela desviar no Ceballos, matando o goleiro Lunin e abrindo o placar para o Real, aos 14 minutos da prorrogação.

Mas, mesmo com um a menos, o Real é forte e buscou o empate: chute de Ceballos desvia em Isco e vai para o gol, empatando o jogo.

Pouco depois, Vinícius Júnior recebeu de Modric e chutou, mas Werner pegou, evitando a virada do Real.

Aos 9 minutos, veio a virada merengue: bola lançada para Hazard, o goleiro Werner saiu muito mal do gol, o belga driblou o arqueiro e mandou para o gol.

O Elche até marcou o gol de empate, mas o árbitro deu falta no lance.

Fim de jogo, Real Madrid classificado para enfrentar o Cádiz.

SEQUÊNCIA

Os dois times voltam a campo domingo (23) e vão se enfrentar de novo, só que agora, pela La Liga, no Bernabéu.

Futebol