PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Missa para São João Paulo II, padroeiro do Fluminense, é celebrada em Laranjeiras

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

22/10/2021 17h21

Nesta sexta-feira, Dia de São João Paulo II, o Padre Omar Raposo, pároco do santuário do Cristo Redentor e da igreja São José da Lagoa, celebrou uma missa no Salão Nobre do Fluminense, em Honra ao Papa, também conhecido como João de Deus, e também aproveitou para rememorar a inauguração do Cristo Redentor, que completou 90 anos este mês. Com a presença de torcedores e colaboradores, o pároco benzeu o gramado do Estádio de Laranjeiras, falou sobre a alegria de ver novamente os fiéis e declarou seu amor ao Tricolor.

– Fico muito feliz sempre que venho ao Fluminense, meu clube do coração, ainda mais neste dia tão especial, que é o Dia de São João Paulo II. Que ele possa nos abençoar, abençoar a cidade e ao povo que tanto precisa, depois de meses tão difíceis, de dificuldades e isolamento. Que o torcedor possa voltar aos estádios, que o clube continue incentivando tantos jovens que conseguem, muitas vezes através do esporte, uma transformação real em suas vidas. Vamos orar por todos. Com fé e força, seguiremos nossas vidas com saúde e tranquilidade – disse.

+ Marcão busca a sua primeira vitória contra o Flamengo

Desde 2010, o Papa João Paulo II, é padroeiro do Fluminense, e sua relação com o clube vem de 1980, quando conheceu o Brasil pela primeira vez. Durante a passagem pelo país em junho daquele ano, o pontífice recebeu de presente uma camisa do Flu. Em outubro, o hino “A benção, João de Deus” ganhou as arquibancadas do Maracanã e até hoje é trilha sonora para os triunfos heroicos do time.

O Padre também aproveitou a ocasião para rememorar a Missa de Inauguração do Cristo Redentor, que aconteceu no Estádio das Laranjeiras, em 1931, devido à limitação de espaço no alto do Corcovado e por conta da localização e da vista privilegiada para o monumento e ainda benzeu o gramado de Laranjeiras.

Futebol