PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Barça fica fora das oitavas da Champions após 18 anos; Benfica se classifica

08/12/2021 22h30

Redação Central, 8 dez (EFE).- Pela primeira vez desde a temporada 2003-2004, a fase de oitavas de final da Liga dos Campeões não terá a presença do Barcelona, que foi eliminado nesta quarta-feira ao perder para o Bayern de Munique por 3 a 0 na Allianz Arena e abriu espaço para a classificação do Benfica.

O Barça ficou fora da edição 2003-2004 da Champions e desde então sempre chegava ao mata-mata, incluindo as conquistas de título obtidas em 2006, 2009, 2011 e 2015. A última ocasião em que havia sido eliminado na fase de grupos havia sido em 2001.

Com a derrota, o time do técnico Xavi Hernández, que teve o meia Philippe Coutinho em campo nos 25 minutos finais, foi o terceiro colocado do grupo E, com sete pontos, e estará nos 16 avos de final da Liga Europa. O Bayern já havia garantido a liderança da chave e fechou a campanha com 100% de aproveitamento e 18 pontos.

Müller abriu o placar aos 33 minutos de partida em Munique, em gol que precisou do auxílio da tecnologia para ser confirmado, já que Araujo chegou a fazer o corte, mas a bola já havia atravessado a linha.

Sané aumentou a diferença ainda no primeiro tempo, aos 42, em chute venenoso de fora da área. Musaia aproveitou cruzamento de Davies e marcou o terceiro na segunda etapa, aos 11 minutos.

Já o Benfica, do técnico Jorge Jesus, voltou ao mata-mata após quatro temporadas. Os 'Encarnados' contaram com um gol do lateral Gilberto, ex-jogador de Vasco, Botafogo e Fluminense, para bater o Dínamo de Kiev por 2 a 0 no Estádio da Luz e ir a oito pontos. O time visitante ficou em último, com um.

Bayern e Benfica, que além de Gilberto contou também com o atacante Everton Cebolinha, conhecerão o adversário nas oitavas na próxima segunda, em sorteio que será realizado pela Uefa.

No grupo E, o Manchester United já havia se garantido na ponta e hoje empatou com o Young Boys em 1 a 1 em Old Trafford. Com o tropeço, o time suíço ficou na lanterna, com cinco pontos.

O segundo colocado da chave será definido apenas amanhã. Villarreal, com sete pontos, e Atalanta, com seis, se enfrentariam hoje no estádio Atleti Azzurri d'Italia, mas uma forte nevasca em Bergamo impediu que a bola rolasse e levou ao adiamento do duelo.

O Lille, atual campeão francês, foi o líder do grupo G, um dos mais equilibrados, depois de ter batido o Wolfsburg por 3 a 1 fora de casa, na Volkswagen Arena, e chegado a 11 pontos. Os 'Lobos' foram os últimos, com cinco.

A segunda posição ficou com o Red Bull Salzburg, que bateu o Sevilla por 1 a 0 na Red Bull Arena e deixou a equipe espanhola em terceiro lugar, com vaga na fase de 16 avos de final da Liga Europa. O time da Andaluzia é o maior vencedor da história do torneio, com seis conquistas.

Em jogo eletrizante, em que sofreu gol do meia Claudinho, o atual campeão Chelsea empatou com o Zenit São Petersburgo em 3 a 3 na Rússia e foi o segundo colocado do grupo H, com 13 pontos. O terceiro gol do time anfitrião foi marcado nos acréscimos do segundo tempo.

Os 'Blues', com Thiago Silva no banco, ficaram com 13 pontos, enquanto o Zenit, que além de Claudinho tiveram Douglas Santos, Wendel e Malcom, somaram cinco e estarão na Liga Europa.

Quem ocupou o topo da tabela na chave foi a Juventus, com 15 pontos, depois de ter vencido o lanterna Malmö por 1 a 0. Alex Sandro e Arthur atuaram pela 'Velha Senhora'. EFE

Esporte