PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Martin Fuchs desponta como principal candidato ao ouro na prova de saltos

24/07/2021 00h46

Madri, 23 jul (EFE).- O suíço Martin Fuchs, de 29 anos, desponta como principal favorito nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 à medalha de ouro na disputa individual de saltos no hipismo, que teve como campeão na edição de 2016, no Rio de Janeiro, o lendário cavaleiro britânico Nick Skelton.

Em uma das edições olímpicas mais aguardadas e comentadas da história, as provas de hipismo contarão com grandes novidades, cavaleiros e amazonas clássicos.

Campeão europeu em 2019, Fuchs - com seu cavalo 'Clooney' - é um dos grandes favoritos ao ouro na capital japonesa. Caso suba ao lugar mais alto do pódio, ele sucederá Skelton, de 63 anos, que sofreu uma grave lesão no pescoço em 2005 após uma queda e se tornou campeão olímpico aos 58, superando o sueco Peder Fredricson, que ficou com a prata. Em Londres 2012, o cavaleiro britânico também ganhou a disputa por equipes e trouxe o ouro para seu país nessa prova depois de 60 anos.

Além disso, Scott Brash e Ben Maher, que fizeram parte da equipe inglesa campeã em 2012 ao lado de Skelton, estarão no evento individual em Tóquio com chances de medalha.

Na competição por equipes, Suécia, Suíça, Alemanha e Holanda são os principais rivais a serem batidos, considerando o resultado de um dos poucos eventos de equipes anteriores aos Jogos: a Primeira Divisão da Copa das Nações.

A França, que em sua história olímpica ganhou duas medalhas de ouro por equipes nos saltos, defenderá o título conquistado no Rio 2016. Porém, Penelope Leprevost é a única integrante daquela equipe que vai representar o país em Tóquio 2020.

A prova individual de saltos nesta edição olímpica contará com 75 competidores, e atletas de 19 países representarão suas nações na disputa por equipes no Parque Equestre Baji Koen a partir de 3 de agosto.

Esporte