PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lewandowski sonegou impostos por ganhos com publicidade, aponta revista alemã

04/03/2021 17h56

Berlim, 4 mar (EFE).- O atacante Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, teria deixado de pagar impostos até 2016 sobre os ganhos com publicidade, nem na Polônia, onde nasceu, nem na Alemanha, segundo publicou nesta quinta-feira a revista alemã "Der Spiegel".

Melhor jogador do mundo de 2020, segundo a Fifa, recorreu ao que o veículo de comunicação aponta como "truques duvidosos", após analisar centenas de documentos.

O advogado e amigo de infância de Lewandowski, Kamil Gorzelnik, optou por um tipo de fórmula legal para a empresa que recebia os direitos de imagem do jogador que, devido as brechas na legislação polonesa, dava margem de manobra para a "criatividade fiscal".

"Há riscos, mas é preciso arriscar alguma coisa para conseguir sucesso", escreveu o advogado ao assessor do atacante, Cezary Kucharski, em mensagem enviada por correio eletrônico obtida pelo "Der Spiegel".

Gorzelnik, segundo a publicação, fez manobras para não pagar os impostos e ocultar 2,5 milhões de euros da empresa, para poder declarar prejuízo à receita.

"Graças a Kamil, evitei de pagar impostos", chegou a enviar Lewandowski para Kucharski, em outro e-mail a que a publicação teve acesso.

Uma porta-voz do atacante disse à revista que o atacante polonês sempre se manteve dentro da lei e que está cooperando totalmente com as Receitas da Alemanha e da Polônia. EFE

jpm/bg

Esporte