Topo

Esporte


Fifa anuncia banimento de ex-presidente da Federação Equatoriana de Futebol

Luis Chiriboga (à direita) presidiu a Federação Equatoriana de 1998 a 2015 - GUILLERMO GRANJA/Reuters
Luis Chiriboga (à direita) presidiu a Federação Equatoriana de 1998 a 2015 Imagem: GUILLERMO GRANJA/Reuters

Da EFE

21/03/2019 14h38

A Câmara de Resolução do Comitê de Ética da Fifa anunciou nesta quinta-feira que o ex-presidente da Federação Equatoriana de Futebol Luis Chiriboga está banido do futebol e terá de pagar uma multa de 1 milhão de francos suíços (R$ 3,86 milhões) por ter aceitado propina.

"Chiriboga foi investigado por ter recebido propina por seu papel na concessão de contratos a empresas de mídia e dos direitos de comercialização de vários torneios de futebol, incluindo a Copa América e a Taça Libertadores", informou a Fifa em comunicado.

Segundo a Câmara de Resolução, o dirigente equatoriano violou o artigo 27 do Código de Ética da Fifa, referente a propina, e está proibido de exercer qualquer atividade relacionada ao futebol, além de ter de pagar a multa. A federação internacional acrescentou que a notificação da resolução foi recebida nesta quinta, data na qual a punição entra em vigor.

Chiriboga presidiu a Federação Equatoriana de 1998 a 2015. Além disso, foi integrante do Comitê Executivo da Conmebol e do Comitê Permanente da Fifa.

Esporte