PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Nadal diz que não se vê jogando aos 39 anos, mas deixa porta aberta

13/03/2019 20h47

Los Angeles (EUA), 13 mar (EFE).- Perguntado nesta quarta-feira, após ter se classificado para as quartas de final do Masters 1000 de Indian Wells, se se vê jogando profissionalmente aos 39 anos de idade, o espanhol Rafael Nadal respondeu negativamente, mas nem por isso descartou a possibilidade.

"Provavelmente não (se vê jogando aos 39), a dia de hoje. Mas quando tinha 25 ou 26 anos, não me via jogando com quase 33. Portanto, nunca se sabe", declarou Nadal, que no dia 3 de junho completará 33 anos.

Nadal avançou no deserto americano ao vencer o sérvio Filip Krajinovic por 2 a 0, com parciais de 6-3 e 6-4, e jogará contra o russo Karen Khachanov. Se levar a melhor, poderá enfrentar nas semifinais o suíço Roger Federer, que aos 37 anos conquistou há menos de duas semanas o 100º título da carreira.

O número 2 do mundo falou do sucesso de seu maior rival ao longo da carreira e o de outros tenistas veteranos, como o croata Ivo Karlovic (40 anos) e a americana Venus Williams (38), que também fazem boa campanha em Indian Wells.

"Quando isso ocorre, há vários motivos. O primeiro, certamente, é que se sente uma grande paixão pelo que se faz. O segundo, é que se pode trabalhar na prevenção de lesões. Você trata o corpo da maneira adequada. E terceiro, ainda se é competitivo para conquistar títulos importantes", analisou.

"A diferença entre os tenistas não é muito grande. Pequenos detalhes nos separam. Qualquer coisa pode acontecer neste esporte, especialmente neste tipo de eventos que são disputados pelos 50 melhores tenistas", completou. EFE

Esporte