PUBLICIDADE
Topo

Esporte

No circuito de Fiorano, Tatiana Calderón volta a testar carro da Sauber

17/11/2018 18h23

Redação Central, 17 nov (EFE).- A colombiana Tatiana Calderón, primeira mulher latina na história a guiar um carro de Fórmula 1, voltou a participar de testes pela Sauber, neste sábado, no tradicional circuito de Fiorano, na Itália.

A jovem, de 25 anos, pode dirigir um modelo Sauber C32, utilizado na temporada de 2013 do Campeonato Mundial de F-1.

Esta foi a segunda vez que Calderón testou, depois de sessão realizada no mês passado, no Circuito das Américas, nos Estados Unidos. Diferente daquela atividade, a colombiana não teve limitação de voltas, por ser carro de ano anterior.

Hoje, a piloto completou um total de 90 voltas, o equivalente a 265 quilômetros. A marca mais rápida foi de 59s913, quase quatro segundos mais lento que o recorde da pista, que pertence ao alemão Michael Schumacher, de 2004, que é de 55s999.

"Foi uma primeira experiência de condução muito boa em Fiorano. A pista é interessante. Nosso objetivo alvo era que eu conhecesse a pista e encontrasse um bom equilíbrio para o carro, o que conseguimos", explicou a colombiana.

Calderón voltará a guiar, no último dia de atividades no circuito, em que irá fazer simulação de classificação e de corrida, conforme ela próprio antecipou.

Esporte