PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Higuaín decide, e Milan vence time de Luxemburgo em estreia na Liga Europa

20/09/2018 18h39

Redação Central, 20 set (EFE).- O Milan viajou a Luxemburgo, onde encarou nesta quinta-feira o modesto Dudelange pela primeira rodada da fase de grupos da Liga Europa e venceu por apenas 1 a 0, graças a um gol do atacante argentino Gonzalo Higuaín - que recebe por mês um valor igual ao da folha anual de todo o elenco adversário.

O camisa 9, emprestado pela Juventus ao clube no início da temporada, balançou a rede no estádio Josy Barthel aos 14 minutos do segundo tempo. Para marcar, o artilheiro ainda contou com um desvio do zagueiro francês Jerry Prempeh e falha do goleiro luxemburguês Joe Frising.

A partida, válida pelo grupo F da competição continental, expôs um abismo financeiro entre os dois clubes. De acordo com a imprensa italiana, Higuaín recebe por mês no Milan o salário de 790 mil euros (R$ 3,8 milhões), valor que é a soma das remunerações de jogadores e do técnico do Dudelange em todo o ano.

O jogo também foi simbólico por outros motivos. A equipe italiana ficou perto de não disputar a Liga Europa, curiosamente, por violação do Fair Play Financeiro da Uefa. A mudança de direção do 'Rossonero', no entanto, evitou a ausência. A equipe de Luxemburgo, por sua vez, assim como qualquer outro time do pequeno país, jamais havia participado da fase de grupos de torneio continental. Nesta edição do torneio, o Dudelange já passou por Drita, de Kosovo, Légia Varsóvia, da Polônia, e Cluj, da Romênia.

No outro duelo do dia pelo grupo F, Olympiacos e Betis se enfrentaram na Grécia e não saíram do 0 a 0. Os donos da casa precisaram se segurar com um a menos na parte final da partida, devido à expulsão do lateral-esquerdo grego Konstantinos Tsimikas, aos 28 do segundo tempo.

Em Londres, o Arsenal largou com o pé direito na Liga Europa, passando pelo Vorskla, da Ucrânia, por 4 a 2. A equipe inglesa não entrava em campo por torneio continental sem o técnico francês Arsene Wenger desde 24 de setembro de 1996, quando caiu diante do Borussia Mönchengladbach na primeira fase da Copa da Uefa.

Os agora comandados pelo espanhol Unai Emery levaram a melhor com gols do atacante gabonês Pierre-Emerick Aubameyang (dois), do atacante inglês Danny Welbeck e do meia alemão Mesut Özil. O zagueiro Volodymyr Chesnakov e o volante Vyacheslav Sharpar, ambos ucranianos, descontaram, no fim da partida.

Pela mesma chave, o grupo E, o Sporting superou o Qarabag, do Azerbaijão, por 2 a 0, em casa. O primeiro gol da equipe lisboeta foi marcado pelo atacante brasileiro Raphinha, ex-Avaí. O atacante cabo-verdiano Jovane Cabral anotou o segundo, dois minutos após entrar em campo.

No grupo A, o Bayer Leverkusen venceu de virada o Ludogorets, do técnico Paulo Autuori, por 3 a 2, fora de casa. Os anfitriões chegaram a abrir boa vantagem com gols do atacante romeno Claudiu Keseru e do meia brasileiro naturalizado búlgaro Marcelinho.

A reação do time do lateral-esquerdo Wendell, ex-Grêmio, e do atacante Paulinho, ex-Vasco - ambos foram titulares, mas o segundo deixou o campo no intervalo - veio com dois gols do meia-atacante alemão Kai Havertz e um do atacante sueco Isaac Kiese Thelin.

No Chipre, pela mesma chave, o Zurich, da Suíça, levou a melhor sobre o AEK Larnaca por 1 a 0. O meia kosovar Benjamin Kololli, cobrando pênalti, anotou o gol isolado da partida.

O Bordeaux, do técnico brasileiro Ricardo Gomes, estreou no grupo C com derrota para o Slavia Praga, da República Tcheca, por 1 a 0, fora de casa. O meia tcheco Jaromir Zmrhal foi responsável por garantiu o resultado positivo dos anfitriões.

O outro jogo da chave aconteceu na Dinamarca, envolvendo Copenhague e Zenit São Petersburgo, que ficaram no empate em 1 a 1. Os visitantes largaram na frente com o meia eslovaco Robert Mak, e a equipe nórdica buscou a igualdade com o atacante cipriota Pieros Sotiriou.

Em jogo entre equipes com mesmo dono, pelo grupo B, o Red Bull Salzburg bateu o RB Leipzig por 3 a 2. O atacante israelense Moanes Dabour, o meia malinês Amadou Haidara e o atacante norueguês Fredrik Gulbrandsen marcaram para a equipe austríaca. O meia austríaco Konrad Laimer e o atacante dinamarquês Yussuf Poulsen descontaram.

O Celtic também largou com vitória na chave, passando pelo Rosenborg por 1 a 0. O gol solitário da partida saiu aos 42 minutos do segundo tempo, marcado pelo atacante escocês Leigh Griffiths.

No grupo D, o Dínamo de Zagreb superou com tranquilidade o Fenerbahçe por 4 a 1, na Croácia, em jogo que o atacante bósnio Izet Hajrovic brilhou, marcando duas vezes. Na Eslováquia, o Spartak Trnava venceu o Anderlecht por 1 a 0.

Esporte