PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Missa homenageia jogador brasileiro de vôlei que morreu na Espanha

19/09/2018 10h45

Teruel (Espanha), 19 set (EFE).- Uma missa homenageou nesta quarta-feira o jogador brasileiro de vôlei Vinicius Noronha, que morreu há dois dias, em casa, na cidade de Teruel, na Espanha, segundo relatório preliminar, por causas naturais.

A cerimônia foi organizada pela diretoria do Club Voleibol Teruel e teve também representantes da liga que organiza o Campeonato Espanhol, de adversários na competição nacional, torcedores e amigos do líbero. Além disso, a prefeita da cidade, Emma Buj, e representantes do governo de Aragón acompanharam a missa.

Na igreja da cidade de Teruel lotada, uma foto de Vinicius, com a camisa do clube local, foi colocada no altar. O sacerdote que celebrou a missa falou das características do jogador brasileiro, lembrando sua "qualidade humana, e o sorriso franco, sincero, autêntico e permanente".

O presidente do Club Voleibol Teruel, Carlos Ranera, fez rápido discurso, agradecendo o apoio recebido desde a divulgação da morte do atleta. Em seguida, os presentes na cerimônia aplaudiram longamente o jogador brasileiro.

O relatório preliminar da autópsia apontou que Vinicius sofreu uma "morte súbita", de acordo com relato do dirigente da equipe que o líbero defendia. A análise definitiva ainda será divulgada e detalhará as causas.

Sobre a campanha de arrecadação de fundos para ajudar a custear as despesas do envio do corpo para o Brasil, Ranera garantiu que houve "sucesso", com contribuições, inclusive, de outros clubes. O presidente do Teruel apontou que a iniciativa já está próxima de ser concluída.

O dirigente, no entanto, apontou que o "corpo ainda não foi transportado para o Brasil por temas burocráticos", porque, se tivesse sido possível, o clube já teria tomado todas as medidas necessárias.

Esporte