PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Campeão da Copa América 2015, Chile disputará Copa das Confederações 2017

Chilenos terão vaga na Rússia em 2017, independente da Copa América Centenário - Sebástian Silva/EFE
Chilenos terão vaga na Rússia em 2017, independente da Copa América Centenário Imagem: Sebástian Silva/EFE

Da EFE, em Miami

24/06/2016 20h47

O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, ratificou nesta sexta-feira a seleção do Chile como representante da entidade na Copa das Confederações de 2017, em função do título da Copa América conquistado na edição do ano passado.

A Copa das Confederações reunirá os campeões das seis confederações que integram a Fifa, assim como o atual campeão do mundo, a Alemanha, e o país sede do próximo Mundial, a Rússia.

Domínguez esclareceu em comunicado que o ganhador da final da Copa América Centenário, que será disputada no domingo entre Argentina e Chile, também terá status de campeão do torneio continental.

"Uma competição organizada para comemorar os 100 anos da Conmebol também vale um título oficial registrado pela Fifa, que coexistirá com o título da Copa América de 2015", disse o dirigente paraguaio.

A Confederação Sul-Americana de Futebol explicou que, como campeão de 2015, "o Chile terá seu título oficial vigente e continuará usando o correspondente escudo em sua camisa até que termine a edição da Copa América que será realizada no Brasil em 2019".

Domínguez também anunciou que propôs à Uefa a disputa, ainda neste ano, de um amistoso entre os campeões da Copa América Centenário e da Eurocopa, competições que estão sendo disputadas desta vez de forma simultânea.

Esporte