PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Italiano campeão olímpico da marcha atlética em Pequim é suspenso por doping

Das agências internacionais

Em Roma (Itália)

20/12/2012 15h06

O italiano Alex Schwazer, que conquistou a medalha de ouro na prova de 50 quilômetros da marcha atlética nos Jogos de Pequim, em 2008, foi suspenso por quatro anos pelo Comitê Olímpico Italiano (Coni) por ter dado positivo para EPO em um exame antidoping realizado dias antes do começo dos Jogos de Londres, em julho deste ano.

O Coni puniu Schwazer com a pena máxima por ter violado o código antidoping em análises que detectaram o uso da substância proibida enquanto ele treinava na Alemanha visando Londres-2012. No entanto, uma suspensão preventiva o tirou do evento, impedindo-o de lutar pelo bi.

Após ser descoberto e afastado da equipe olímpica italiana que participaria dos Jogos, o atleta de 27 anos, que completará 28 no próximo dia 26, disse em entrevista coletiva que decidiu se dopar porque estava cansado e não conseguia mais manter o ritmo forte.

Na época, Schwazer revelou que conseguiu a substância por si mesmo na Turquia. O italiano garantiu ainda que nunca havia se dopado antes e que inclusive poderiam voltar a analisar exames anteriores realizados por ele para que seus resultados de outros anos não fossem anulados.

Esporte