PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Em busca de recuperação no UFC, Pedro Munhoz projeta explorar hype de O'Malley

Ag. Fight

01/07/2022 08h00

Pressionado no Ultimate após acumular duas derrotas seguidas, Pedro Munhoz tem uma chance de ouro para se recuperar em grande estilo na organização. Neste sábado (2), o brasileiro mede forças com o americano Sean O'Malley, apontado como uma das grandes promessas da companhia, em duelo válido pela divisão dos pesos-galos (61 kg) e que acontece no card principal do UFC 276, evento programado para a cidade de Las Vegas (EUA).

Atualmente, O'Malley é um dos atletas mais populares na companhia, com milhões de seguidores em suas redes sociais, o que automaticamente lhe garante mídia e engajamento. Além disso, o americano tem feito grandes apresentações dentro do octógono e, recentemente, acumulou uma série de três triunfos, todos por nocaute. Desta maneira, Pedro Munhoz, em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, admitiu que está bem atento ao 'hype' do adversário e o que uma possível vitória pode lhe proporcionar na liga.

"Isso (hype de O'Malley) é bom para ter visibilidade maior. Por ser um cara que vem de uma escola nova, com um engajamento mais com os jovens, isso me dá uma exposição ainda maior para o meu trabalho", afirmou o atleta da equipe American Top Team.

Mas para aproveitar a visibilidade do americano, Pedro precisa sair conquistar o triunfo e interromper a sequência positiva do rival. Para isso, o lutador do Brasil adiantou uma parte de sua estratégia para se impor e anular a principal arma de O'Malley, que possui maior envergadura e alto poder de nocaute em suas precisas mãos.

"Ele é um cara que precisa de espaço para poder lutar, então vamos tentar diminuir isso para fazer com que ele lute com a gente. Nós viemos treinando bastante esse requisito (de luta no chão) e vamos estar preparados para isso", completou o lutador de 35 anos.

No MMA profissional desde 2009, Pedro Munhoz tem um cartel na modalidade de 19 triunfos, sete derrotas, todas estas pelo Ultimate, e e um 'No Contest' (luta sem resultado). No Ultimate desde 2014, o brasileiro possui nove triunfos.

Esporte