PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-árbitro rebate Cormier por afirmar que Fedor seria lutador mediano no UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

28/10/2021 07h00

Na última semana, Daniel Cormier comprou briga com parte da comunidade do MMA, principalmente, com personalidades do Bellator ao afirmar que Fedor Emelianenko seria um lutador mediano, caso atuasse no UFC. Ao tomar conhecimento de tal declaração, 'Big' John McCarthy, ex-árbitro e atual comentarista da organização, discordou de forma veemente de 'DC' e defendeu a lenda russa de forma categórica.

Em seu podcast 'Weighing In', o profissional enalteceu os feitos que Fedor conquistou ao longo de sua extensa carreira e lembrou que o ex-campeão do PRIDE FC possui bom retrospecto diante de lutadores renomados e com passagem pelo UFC, ou seja, algo oposto ao que Cormier pregou. Além disso, vale destacar que, no último sábado (23), na Rússia, 'The Last Emperor' precisou de menos de dois minutos de luta para nocautear Tim Johnson, atleta que atuou no Ultimate e, este sim, considerado mediano por parte da comunidade do MMA.

Inconformado pelo discurso de Cormier, que contestou a qualidade de Fedor, o ex-árbitro foi além. O atual comentarista do Bellator mencionou que, ao longo de sua trajetória no esporte, o americano conviveu com dúvidas de parte da comunidade do MMA, já que atuava pelo Strikeforce, quando a organização foi absorvida pelo UFC. Na época, 'DC' era apenas uma promessa e, assim como o russo, sempre teve desvantagem física contra os rivais, mas compensava o problema com técnica, condicionamento e Q.I. de luta acima da média.

"Cormier está cometendo um grande erro, dizendo que Fedor teria sido mediano no UFC. As pessoas diziam que Cormier seria mediano também, mas não foi mediano e Fedor não seria mediano. Ele estava certo quando disse que Fedor teria destruído Lesnar. Ele teria massacrado. Não seria algo equilibrado", defendeu 'Big' John, antes de completar.

"Em dez lutas contra campeões do UFC, campeões dos pesados, Fedor ficou 8-1-1. Sim, é um cara que seria mediano no UFC. Pare! Você está soando como se fosse um fanboy do UFC, quando não há razão para isso. Você tem que dar crédito ao lutador quando ele merece. Fedor lutou o dobro de você, dê uma olhada em seu cartel. Isso nunca será algo mediano", concluiu.

Fedor Emelianenko, de 45 anos, é um dos grandes nomes da história do MMA e é apontado por parte dos fãs como o melhor lutador de todos os tempos. 'The Last Emperor' iniciou sua trajetória no esporte em 2000, marcou época no PRIDE FC como campeão do peso-pesado e, pela organização, venceu nomes como Gary Goodridge, Kevin Randleman, Mark Coleman (duas vezes), Mark Hunt, Mirko 'Cro Cop' e Rodrigo 'Minotauro' (duas vezes). Atualmente, o russo integra o plantel do Bellator e, pela companhia, possui vitórias por nocaute sobre Chael Sonnen, Frank Mir e Quinton 'Rampage' Jackson, todos ex-UFC. O cartel profissional do veterano é composto por 47 lutas, 40 triunfos e seis derrotas.

Esporte