PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dana exalta sucesso do 'Contender' e sugere que evento já superou o Pride

Ag. Fight

Ag. Fight

28/10/2021 08h00

Durante seu auge, entre o final dos anos 1990 e início dos anos 2000, o 'Pride' rivalizava de igual para igual - e, por vezes, em posição de vantagem - com o UFC. Contando com alguns dos maiores astros do MMA em seu plantel à época, o evento japonês promoveu um número significativo de batalhas lendárias e inesquecíveis, até ser comprado pelo Ultimate e, posteriormente, extinto de forma definitiva, em 2007.

Porém, apesar de ter produzido inúmeros combates que se transformaram em verdadeiros clássicos da modalidade e ficaram marcados na memória dos fãs, há quem pondere que o expressivo legado deixado pela organização asiática já foi superado por outros eventos mais recentes. Opinião que é defendida por Dana White, presidente do UFC.

Durante a coletiva de imprensa pós-show do mais recente episódio do programa 'Contender Series', o dirigente exaltou a qualidade das lutas promovidas por ele no reality show, que tem como função principal descobrir e selecionar novos talentos para o UFC. Na visão do cartola, o 'Contender Series', apesar de contar com apenas cinco temporadas em quatro anos de existência, já produziu mais combates de alto nível do que o Pride, superando assim o extinto evento japonês.

"Eu estava pensando sobre isso essa noite. Nós somos donos de alguns acervos nos esportes de combate. Esse (Contender Series) é o segundo melhor acervo nos esportes de combate. Quer dizer, você poderia argumentar pelo Pride, porque o Pride teve alguns clássicos, lutas inacreditáveis, mas eles tinham muitas lutas de m***, muitas lutas com disparidade e coisas do tipo também", ponderou Dana White, antes de completar.

"Mas essa coisa (Contender Series)? Em quatro temporadas, do começo ao fim, todas as lutas são excelentes. É uma loucura. Esse é o segundo melhor acervo em todos os esportes de combate. É inacreditável", finalizou.

Considerado por muitos ainda como um dos maiores eventos de todos os tempos, o Pride esteve em atividade entre 1997 e 2007. Pelo ringue da organização japonesa passaram alguns dos maiores nomes do MMA na história, como: Fedor Emelianenko, Rodrigo 'Minotauro', Mirko 'Cro Cop' Filipovic, Wanderlei Silva, Kazushi Sakuraba, Anderson Silva, Maurício 'Shogun', Dan Henderson, entre outros.

Além do Pride, o UFC possui os direitos sobre os acervos de outros eventos que, em suas épocas, rivalizavam com a entidade presidida por Dana White e terminaram sendo compradas e incorporadas ao Ultimate, como o 'WEC' e o 'Strikeforce'.

Esporte