PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Empresário de Masvidal descarta luta contra McGregor no UFC: "Dana nunca gostou"

Ag. Fight

Ag. Fight

29/07/2021 16h07

Ao que parece, uma das opções de lutas valiosas que Conor McGregor poderia fazer no UFC ficou em 'stand-by'. Vindo de duas derrotas seguidas, grave lesão e críticas quanto ao seu nível de atuação e comportamento, o futuro do astro irlandês no MMA é incerto. Como o próximo movimento de 'Notorious' deve ser estudado, logo um possível duelo contra Jorge Masvidal se tornou atrativo, mas Malki Kawa, agente do americano, freou qualquer expectativa.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), o empresário não titubeou e negou a realização de uma luta entre Masvidal e McGregor, muito por conta de Dana White, líder do UFC. No passado, os atletas chegaram a discutir publicamente e se mostraram interessados no duelo, algo que animou parte da comunidade do MMA.

Contudo, na época, o cartola ignorou o combate e explicou que a agressividade e a violência do americano seriam muito para o irlandês lidar no octógono. De acordo com Kawa, outro fator que impede a realização da luta entre as estrelas do UFC é a diferença física, já que Masvidal atua com 77 kg e McGregor com 70 kg.

"Pessoal, parem com isso. Masvidal é muito grande para ele, é por isso que Dana nunca gostou dessa luta", escreveu o homem de negócios em sua conta oficial no 'Twitter'.

No MMA profissional desde 2003, Jorge Masvidal, de 35 anos, alcançou a fama na modalidade em 2019. Naquele ano, o americano nocauteou Darren Till, em plena Inglaterra, Ben Askren, com apenas cinco segundos de luta, e puniu Nate Diaz, conquistando o cinturão 'BMF'. Com o estrelato, 'Gamebred' teve duas oportunidades de lutar pelo cinturão dos meio-médios do UFC, mas acabou derrotado pelo campeão Kamaru Usman, seu carrasco. O veterano possui um cartel composto por 35 vitórias, 15 derrotas e, atualmente, é dono da sétima posição no ranking da categoria.

Mesmo em má fase, Conor McGregor, de 32 anos, é o principal nome do UFC. Dois anos após sua estreia na organização, o irlandês se transformou em um fenômeno do MMA e conquistou o cinturão do peso-pena (66 kg), em 2015, e do peso-leve (70 kg), em 2016. Seus triunfos mais marcantes foram contra Chad Mendes, Donald Cerrone, Dustin Poirier, Eddie Alvarez, José Aldo, Max Holloway e Nate Diaz. Atualmente, o atleta ocupa a nona posição no ranking dos leves e possui um cartel composto por 22 vitórias, sendo 20 pela via rápida e 19 delas por nocaute, e seis derrotas.

Guys, stop this. Masvidal is too big for him, that's why @danawhite never liked this fight. https://t.co/NbEBODng7a

- malki kawa (@malkikawa) July 29, 2021

Esporte