PUBLICIDADE
Topo

Esporte

'Durinho' lista possíveis rivais para caso não lute com Colby Covington no UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

26/02/2021 06h30

Gilbert Burns sofreu dura derrota em sua última luta, mas, ao que parece, o resultado não abalou sua confiança. Após ser nocauteado pelo campeão Kamaru Usman, no 'main event' do UFC 258, atração realizada no dia 13 de fevereiro em Las Vegas (EUA), o brasileiro já mapeou os meio-médios (77 kg) da organização e definiu seus próximos alvos.

Recentemente, 'Durinho' voltou sua atenção para Colby Covington e o desafiou mais de uma vez. Mas caso o duelo contra o americano não aconteça, 'Durinho' mencionou Stephen Thompson e Michael Chiesa como oponentes ideais. Atualmente, 'Wonderboy' e 'Maverick' ocupam a quinta e sexta posição no ranking da divisão, respectivamente, e estão sem adversários definidos. Sendo assim, o brasileiro, em segundo lugar na tabela de classificação, planeja voltar a ser aproximar da disputa pelo título, caso vença um dos atletas citados.

"O número um na minha lista é Covington. Pelo ranking, depois vem Thompson e Chiesa. Esses são os três caras que estou ansioso para lutar. Eu não me importo com a ordem. Se o UFC me perguntar quem quero enfrentar, primeiro é Covington, mas, se ele não estiver disponível, é Thompson. Se ele não estiver disponível, vem Chiesa. Se ele não estiver disponível, o próximo é quem estiver disponível. Só quero voltar a lutar o mais rápido possível. Estou aqui para fazer a diferença. Quero lutar com todos nessa categoria. Sou esforçado e vou trabalhar muito para conseguir a revanche contra Usman", declarou 'Durinho' em entrevista ao site 'MMA Fighting'.

No passado, a luta entre Gilbert 'Durinho' e Michael Chiesa esteve perto de acontecer. Quando o americano derrotou Rafael dos Anjos, aproveitou a oportunidade e pediu para enfrentar o brasileiro. Na ocasião, o carioca recusou, mas admitiu que o embate poderia acontecer no futuro. Em alta, 'Maverick' possui quatro vitórias seguidas nos meio-médios e está invicto na categoria. Já Stephen Thompson, de 37 anos e ex-desafiante ao cinturão, voltou ter destaque na divisão após vencer Geoff Neal e Vicente Luque, ambos integrantes do top-15.

Esporte