PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Warlley Alves nocauteia tunisiano no UFC Fight Island 8 e desafia Nate Diaz

Ag. Fight

20/01/2021 17h36

Após passar a temporada de 2020 sem lutar, por conta de uma cirurgia no braço, Warlley Alves fez seu retorno nesta quarta-feira (20), no co-main event do UFC Fight Island 8, em Abu Dhabi (EAU). Diante do tunisiano Mounir Lazzez, o meio-médio (77 kg) brasileiro provou que está recuperado e, em pouco mais de dois minutos, superou o lutador africano por nocaute técnico, após uma contundente sequência de chutes no corpo do oponente.

Com o resultado, Warlley volta à coluna de vitórias após ser superado por Randy Brown em seu último compromisso, em novembro de 2019, no UFC São Paulo. Já Mounir Lazzez sofreu sua primeira derrota no octógono do Ultimate. O tunisiano vinha de triunfo sobre Abdul Razak Alhassan em julho do ano passado, no seu debute pela companhia.

Na entrevista pós-luta, ainda em cima do octógono, Warlley fez questão de desafiar o polêmico Nate Diaz. O brasileiro questionou o fato do americano ser simpatizante da maconha e pregou que atletas não deveriam usar drogas.

A luta

O brasileiro começou a mil por hora no primeiro round, desequilibrando o adversário com um chute baixo e aplicando uma combinação de socos. Após uma troca de pegadas na luta agarrada, Warlley conseguiu uma queda, levando a peleja para o solo.

Já em pé novamente, o mineiro, bastante agressivo, lançou três potentes chutes em sequência na altura das costelas do tunisiano, que sentiu o golpe e foi levado ao solo. Com o rival sem reação, Warlley completou o serviço no ground and pound até a interrupção do árbitro Herb Dean.

Em duelo de estilos, Chiesa supera Magny na luta agarrada

Em confronto entre dois atletas do top 10 do peso-meio-médio do UFC, melhor para Michael Chiesa, número oito do ranking. O grappler dominou grande parte dos 25 minutos do confronto contra Neil Magny e garantiu sua quarta vitória consecutiva. Com o triunfo por pontos decretado, 'Maverick', como é conhecido, ainda aproveitou para desafiar Colby Covington na entrevista pós-luta.

A luta

Em um claro duelo de estilos, Chiesa conseguiu impor melhor seu jogo no primeiro round, ao derrubar o adversário e passar boa parte do período em posição de superioridade no solo.

O segundo assalto começou da mesma forma, com Chiesa apostado na luta agarrada e conseguindo a vantagem. Como um 'carrapato', o americano ganhava posições e não permitia que o rival escapasse. Inferior tecnicamente no grappling, Magny não teve respostas para a movimentação do oponente, sendo completamente dominado e acionando o modo sobrevivência.

Ciente da desvantagem no placar, Magny voltou melhor para o terceiro round. No entanto, após ter seu jogo anulado durante boa parte do período, Chiesa conseguiu terminar por cima, em uma boa posição.

O quarto assalto seguiu o ritmo dos dois primeiros. Com uma queda logo no início, Chiesa mostrou mais uma vez seu justo jiu-jitsu e garantiu a vantagem no placar mais uma vez.

Claramente em vantagem no placar, Chiesa evitou o confronto direto no início do último assalto. Restando pouco mais de três minutos para o fim, o grappler novamente encurtou e buscou a luta agarrada. Com Magny a sem muita reação, Chiesa administrou a vantagem enquanto o duelo no chão seguia o mesmo panorama até o final do duelo.

'Mamute' é nocauteado e fica perto do adeus

Vindo de três derrotas consecutivas no UFC, todas no primeiro round, Vinícius 'Mamute' entrou no octógono pressionado diante de Isaac Villanueva. E, apesar de ter passado pelo assalto inicial pela primeira vez no Ultimate, o brasileiro acabou nocauteado na segunda etapa e sofreu seu quarto revés na companhia.

Ainda sem vencer no Ultimate e com quatro derrotas, o meio-pesado (93 kg) brasileiro, oriundo do programa 'Contender Series', corre sério risco de ser dispensado pela organização. Já 'Ike' Villanueva, que também vinha em situação delicada na companhia, conquistou sua primeira vitória no octógono mais famoso do mundo. Anteriormente, o americano somava dois reveses na liga.

Acompanhe os resultados do UFC Fight Island 8:

Michael Chiesa venceu Neil Magny por decisão unânime;
Warlley Alves venceu Mounir Lazzez por nocaute técnico;
Isaac Villanueva venceu Vinicius 'Mamute' por nocaute;
Viviane Araújo venceu Roxanne Modafferi por decisão unânime;
Matt Schnell venceu Tyson Nam por decisão dividida;
Lerone Murphy venceu Douglas Silva por decisão unânime;
Omari Akhmedov venceu Tom Breese por finalização;
Ricky Simon venceu Gaetano Pirrello por finalização;
Su Mudaerji venceu Zarrukh Adashev por decisão unânime;
Dalcha Lungiambula venceu Markus 'Maluko' por decisão unânime;
Francisco Figueiredo venceu Jerome Rivera por decisão unânime;
Mike Davis venceu Mason Jones por decisão unânime;
Umar Nurmagomedov venceu Sergey Morozov por finalização;
Manon Fiorot venceu Victoria Leonardo por nocaute..

Esporte