PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lutador do UFC perde a linha com policial após ser multado por não usar máscara

Ag. Fight

Ag. Fight

20/01/2021 16h07

Ainda sem previsão de retornar ao octógono desde que foi obrigado a deixar o duelo contra Jack Hermansson em dezembro, devido a uma lesão, Darren Till se envolveu em uma confusão na Inglaterra. O motivo do transtorno foi o fato do inglês não estar usando uma máscara de prevenção contra a COVID-19 ao deixar uma loja de conveniência, o que resultou na abordagem policial.

Durante uma live exibida através do seu 'Instagram' oficial (clique aqui ou veja abaixo), Till filmou dois policias o abordando quando já estava em seu carro. Um deles, inclusive, reconhece o lutador e prefere não participar da conversa. O atleta inglês aparece bastante alterado com a situação e manda, seguidamente, os dois oficiais irem embora e não tocarem no seu carro.

"Saia daqui. Você é um bully, um bully, um bully. Cheque o que você quiser, cara. Cheque tudo. Olhe o que você esta fazendo, perdedor. Nunca tive um problema com a polícia. Saia do meu carro. Por que eu não posso pegar uma água na conveniência? (...) Vai embora agora, saia da minha frente. Isso é o que você faz? Você para pessoas que estão indo pra academias. Estou errado por não usar máscara aqui? Você vai me prender? Então envie a multa para onde você quiser", disparou o atleta antes de ser liberado.

Darren Till ganhou moral no Ultimate ao somar cinco vitórias e um empate em suas primeiras apresentações. Retrospecto que o levou a disputar o cinturão meio-médio (77 kg) do Ultimate em 2018, sendo derrotado pelo até então campeão Tyron Woodley. Já pela divisão doo peso-médio (84 kg), onde se apresenta atualmente, o inglês possui um triunfo e um revés, este sofrido em julho do ano passado, para Robert Whittaker, por decisão dos jurados, em evento do UFC realizado na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi (EAU).

Esporte