PUBLICIDADE
Topo

Arsenal paga EUR80 milhões por atacante marfinense Nicolas Pépé

01/08/2019 15h48

Lille, França, 1 Ago 2019 (AFP) - O atacante marfinense Nicolas Pépé (24 anos), há dois anos no Lille, se comprometeu a assinar um contrato com o Arsenal, segundo os dois clubes, que oficializaram nesta quinta-feira a transferência por uma valor recorde para os Gunners.

Segundo fontes próximas à negociação, o Arsenal desembolsou 80 milhões de euros para trazer o atacante, autor de 22 gols e 11 assistências na última temporada do Campeonato Francês com o Lille.

O Arsenal citou uma "transferência recorde" para o clube para trazer Pépé, vice-artilheiro da França na temporada passada, atrás de Kylian Mbappé.

O marfinense se tornou o jogador africano mais caro da história, superando o guineano Naby Keita, que custou 70 milhões de euros ao Liverpool para tirá-lo do Leipzig alemão em 2018.

Uma enorme pressão nos ombros de um jogador que não brilhou com a Costa do Marfim na recém-terminada Copa Africana de Nações.

Apresentado como a grande estrela dos Elefantes, Pépé deixou a competição nas quartas de final eliminado pela Argélia (1-1, 4-3 nos pênaltis) sem marcar gol.

Para o Lille, que antecipou a saída de Pépé se reforçando com o americano Timothy Weah e o nigeriano Victor Osimhen, a venda de 80 milhões de euros também é um recorde.

O clube do norte da França havia comprado o jogador marfinense por 10 milhões de euros pagos ao Angers em 2017.

Nesta quinta-feira, o Lille também anunciou a venda do atacante português Rafael Leão ao Milan por 35 milhões de euros.

nb-jta/tba/am

Esporte