PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasil sofre para vencer Equador e garante 1º lugar das eliminatórias

31/08/2017 23h52

Porto Alegre, 1 Set 2017 (AFP) - Com a vaga garantida para a Copa do Mundo de 2018, o Brasil teve dificuldades mas venceu o Equador por 2 a 0, nesta quinta-feira, e garantiu a nona vitória seguida nas eliminatórias da competição.

Depois de primeira etapa truncada, Paulinho abriu o placar, aos 23 minutos do segundo tempo, e Philippe Coutinho fechou a conta, aos 30.

O resultado garante o Brasil na primeira posição das eliminatórias com três rodadas de antecedência. A seleção tem 11 pontos de vantagem para a Colômbia, segunda colocada, e não pode mais ser alcançada.

Do outro lado, o Equador ficou em situação delicada para conseguir a classificação. Depois de liderar nas primeiras rodadas, o time caiu de rendimento e ocupa a sétima colocação, com 20 pontos.

O lateral esquerdo Marcelo carregou a faixa de capitão pela primeira vez, além de vestir a camisa 12, tradicional amuleto no Real Madrid que normalmente é utilizada pelos goleiros reservas na seleção.

- Sem opções -Foi novidade do time, que pela primeira vez repetiu a escalação desde o início das eliminatórias. Motivada pelos últimos resultados e com a vaga garantida, o Brasil queria fazer bonito para comprovar a boa fase.

No entanto, encontrou um Equador que não queria repetir o resultado na partida realizada em Quito, onde os brasileiros venceram por 3 a 0.

Fechado com duas linhas de quatro muito próximas, os visitantes dificultaram as infiltrações dos donos da casa. As melhores chances vieram com William, aos 9 minutos do primeiro tempo, após chute de fora da área, e boa chegada de Gabriel Jesus, que chutou firme para defesa de Banguera, aos 33, após enfiada de Casemiro.

- Coutinho acende o jogo -Sem demonstrar reação no início do segundo tempo, Tite decidiu colocar em campo o meia Philippe Coutinho, envolvido em possível transferência para deixar o Liverpool para defender o Barcelona.

Por conta da situação e por suposta dores nas costas, o jogador não participou de nenhuma partida pelo clube inglês e foi preterido por William na escalação titular na Arena do Grêmio. Dentro das quatro linhas, deu opção e apareceu bem para os companheiros.

Mas as jogadas não saíam naturalmente e o gol precisou vir de bola parada. Depois de cobrança de escanteio, a bola sobrou para Paulinho livre na pequena área. O novo reforço do Barcelona dominou e encheu o pé para abrir o placar, aos 23 minutos do primeiro tempo.

Depois que a bola entrou, o Equador precisou sair para o jogo e acabou abrindo espaço na defesa. Com um ataque formado por Coutinho, Neymar, Jesus e William, que trocavam rápidos passes, o segundo gol não tardou a chegar.

Aos 30 minutos, Coutinho puxou jogada em velocidade e deu bela enfiada de bola para Jesus, que deu um chapéu no zagueiro e devolveu de cabeça para o meia completar para as redes.

A próxima partida do Brasil vai ser na terça-feira, contra a Colômbia, às 17:30h pelo horário de Brasília. Já o Equador recebe o Peru no mesmo dia, às 18h.

fa

Esporte