PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Multidão se aglomera para assistir a final de campeonato de futebol no Rio

Imagem da final da Copa AP, que aglomerou multidão durante pandemia em comunidade do Rio de Janeiro - Reprodução/Youtube
Imagem da final da Copa AP, que aglomerou multidão durante pandemia em comunidade do Rio de Janeiro Imagem: Reprodução/Youtube

Jean Sfakianakis

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/04/2021 14h51Atualizada em 19/04/2021 19h26

Um jogo de futebol entre equipes amadoras com aglomeração de torcedores, transmissão ao vivo e premiação de R$ 15 mil aconteceu na noite de sexta-feira (16), na comunidade da Cidade de Deus, no Rio de Janeiro.

A partida marcou a final da Copa AP CDD, entre as equipes Bloco Velho e Galáticos do Vidigal, que chegou a ser adiada duas vezes por conta da pandemia, segundo publicações na página do Facebook do evento, mas não deixou de ocorrer na sexta-feira.

"O estado [do RJ] encontra-se no pior período com relação à Pandemia. Temos que respeitar todas recomendações dos órgãos e colabora evitando aglomerações", descreveu a página oficial do torneio na rede social, no dia 20 de março.

Em transmissão ao vivo no Canal do Youtube Fut 7 TV Play, que reuniu mais de 5 mil espectadores, é possível visualizar o cenário com torcedores sem máscara e sem distanciamento social.

A Copa AP é organizada pelo Departamento de Esportes da Amunicom (Associação de Moradores União Comunitária Cidade de Deus). Ela foi a responsável por sediar o evento e premiar as equipes. A vencedora ganharia R$ 10 mil, o dobro do que faturaria a vice-campeã.

Questionado pelo UOL, o presidente da associação identificado como César Salomão disse: "Não temos um estádio fechado, é uma área totalmente aberta, tentamos fazer algumas barreiras, mas depois que uma grande quantidade não teve controle e tivemos que liberar", explicou. "Procuramos um canal de transmissão para o evento justamente para evitar isso. Nós não somos coniventes com aglomerações", disse.

Uma narração da partida com direito a reportagens sobre as equipes também compôs a estrutura do evento. Em nota à reportagem, o Fut 7 TV Play disse que não se responsabiliza por eventos organizados por terceiros, e que o canal na plataforma - que pertence à marca - é cedido a colaboradores independentes para transmissões de jogos.

"Os promotores esportivos são responsáveis por suas próprias agendas, encargos e responsabilidades com relação as atividades desenvolvidas, cabendo a eles responder pelos seus próprios eventos", respondeu.

A página oficial do time Bloco Velho informou que o evento só ocorreu porque seria transmitido pelo Youtube. "Foi pensada a transmissão do jogo pela internet para que as pessoas não fossem à beira do campo. Toda pessoa que ali esteve assumiu risco próprio até porque o campo é na rua não teria possibilidade de impedir a presença das pessoas", acrescentou. A equipe também pediu "desculpas" e prometeu "amenizar o mal causado de alguma forma".

Já a Seop (Secretária Municipal da Ordem Pública) informou que uma intervenção no local entraria em conflito com o crime organizado e colocaria terceiros em perigo. "A Prefeitura não realiza ações que coloquem em risco a integridade física das pessoas que residem naquela comunidade, tampouco de seus agentes de fiscalização, tendo em vista tratar-se de área que sofre influência do crime organizado, com necessidade de operação policial e riscos concretos de enfrentamento bélico", respondeu, ao UOL.

Covid-19 no Rio de Janeiro

A capital fluminense já soma 22.497 mortes causadas pelo coronavírus, de acordo com último balanço divulgado pela prefeitura. Já o total de infectados é de 245.450. Pouco mais de 1,2 milhão de pessoas — 18,2% da população carioca — já foram vacinadas com pelo menos uma dose; outras 327.839 tomaram as duas.

Esporte