PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Luxa parabeniza Abel por títulos com Palmeiras e revela mágoa com Galiotte

Vanderlei Luxemburgo, ex-técnico do Palmeiras - Marcello Zambrana/AGIF
Vanderlei Luxemburgo, ex-técnico do Palmeiras Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/03/2021 22h27

Vanderlei Luxemburgo participou de uma entrevista do 'Esporte em Debate', da Rádio Bandeirantes, hoje e deu os parabéns ao treinador Abel Ferreira pelos títulos da Copa do Brasil e Libertadores da América, pelo Palmeiras.

"Eu queria mandar um abraço ao Abel, parabéns pelas conquistas dos títulos, tanto a Libertadores, quanto a Copa do Brasil. Obviamente tem o dedo dele, a maneira dele de trabalhar, que ele introduziu. Eu fico feliz e de uma maneira ou de outra, eu pude participar do início deste trabalho", disse ele, que completou:

"O mérito da conquista é do Abel, dos jogadores e do Palmeiras. Ele colocou o dedo dele e as coisas começaram a funcionar."

Sobre sua última passagem pelo Palmeiras, onde conquistou o Paulistão 2020, Luxa ainda afirmou que fez tudo do que estava dentro de seu alcance e das solicitações da diretoria.

"Do que nos foi oferecido para fazer, era fazer uma mudança, troca de alguns jogadores, diminuir a folha de pagamento e colocar a base para trabalhar, já que o Palmeiras estava com um caixa com dificuldades pelos investimentos anteriores e o que me foi proposto, eu fiz", pontuou.

Mágoa com Galiotte:

Ainda no programa, Luxa revelou que guarda certa mágoa do atual presidente do Palmeiras. Em sua declaração, o treinador afirmou que tem convicção de que o mandatário foi o principal responsável por sua saída.

"(Ter sido demitido com título paulista e líder da Libertadores) Essa é uma das mágoas do presidente do Palmeiras, que soube que na reunião foram favoráveis a minha permanência e foi diretamente do Presidente que decidiu a minha saída. Não tenho nenhuma dúvida que o Galiotte é o principal responsável por minha saída do Palmeiras", finalizou.

Palmeiras