PUBLICIDADE
Topo

Daniel Dias se despede da natação com 4º lugar nos 50m livre S5 em Tóquio

Daniel Dias fez sua última prova nas Paralimpíadas 2020 e se despediu da natação - Mikihito Matsui/CPB
Daniel Dias fez sua última prova nas Paralimpíadas 2020 e se despediu da natação Imagem: Mikihito Matsui/CPB

Do UOL, em São Paulo

01/09/2021 07h36

Chegou ao fim a carreira de uma lenda da natação. Em sua última prova como atleta paralímpico, o brasileiro Daniel Dias terminou na quarta colocação, com o tempo de 32s12, na final masculina dos 50m livre da classe S5 (intermediária entre as 10 para deficientes funcionais) nas Paralimpíadas de Tóquio. Ele já havia anunciado que iria se aposentar após os Jogos na capital japonesa.

O pódio teve três chineses: Tao Zheng (30s31, novo recorde paralímpico), Weiyi Yuan (31s11) e Lichao Wang (31s35).

Dono de 27 medalhas paralímpicas em quatro edições dos Jogos, Daniel também encerra a carreira como o quarto atleta que mais ganhou ouros na natação - ele subiu 14 vezes ao lugar mais alto do pódio. Também conquistou 33 ouros em Parapans e 40 medalhas em Mundiais. Além disso, levou três vezes o Prêmio Laureus, em 2009, 2013 e 2016, considerado o Oscar do esporte, ao ser considerado o melhor atleta paralímpico do ano.

Em sua última participação paralímpica, o brasileiro se despede com três bronzes em Tóquio: nos 100m e 200m nado livre S5 e no revezamento 4x50m até 20 pontos. Daniel disputou mais duas provas no Japão, mas não subiu ao pódio. Nos 50m borboleta, o brasileiro terminou na sexta colocação. Já nos 50m costas, ficou em quinto lugar.

Hoje com 33 anos, Daniel nasceu com má-formação congênita dos membros superiores e da perna direita. Descobriu o paradesporto ao assistir pela TV o nadador Clodoaldo Silva em uma das provas dos Jogos Paralímpicos de Atenas, em 2004. Superou o ídolo e se tornou o principal nome do esporte paralímpico do país.