PUBLICIDADE
Topo

Daniel Dias se classifica em 3º para última final paralímpica da carreira

Daniel Dias, durante prova nas Paralimpíadas de Tóquio - Miriam Jeske/CPB
Daniel Dias, durante prova nas Paralimpíadas de Tóquio Imagem: Miriam Jeske/CPB

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/08/2021 22h45

Daniel Dias se classificou para a final dos 50 metros livre da classe S5 (atletas com média funcionalidade) na noite desta terça-feira (31), nas Paralimpíadas de Tóquio. O brasileiro foi o segundo de sua bateria, com 32s65, e se classificou com o terceiro melhor tempo da classificação geral.

A final dos 50m livre S5 será nesta quarta-feira (1), do Brasil, às 7h29 (horário de Brasília). Esta será a última prova de Daniel nas Paralimpíadas de Tóquio e, consequentemente, sua despedia das piscinas. O multicampeão se aposentará após os Jogos da capital japonesa.

Nesta quinta, então, Daniel Dias tentará conquistar sua 28ª medalha paralímpica, sendo a quarta em Tóquio, onde conquistou três bronzes, para encerrar com mais um pódio a sua brilhante carreira. E na prova em que foi campeão paralímpico nos Jogos de Londres, em 2012, e do Rio, em 2016.

Na raia 5, Daniel Dias largou na terceira colocação, mas acelerou nos metros finais para superar o italiano Francesco Bocciardo. O chinês Weiyi Yuan venceu a bateria e, de quebra, estabeleceu um novo recorde paralímpico, com 31s30.

Pouco antes, na primeira bateria, o chinês Tao Zheng havia quebrado o recorde paralímpico - que pertencia a Daniel Dias - com a marca de 31s81. O tempo do chinês, no entanto, durou poucos minutos.

Outros resultados

Talisson Glock se classificou com o segundo melhor tempo para a final do 100m livre da classe S6 (para atletas com média funcionalidade). O brasileiro liderou sua bateria, com 1min05s94. Já Gabriel Melone fez 1min12s63 e parou nas classificatórias.

Cecília Araújo avançou para a final dos 50m livre da classe S8 (atletas com alta funcionalidade) com o segundo melhor tempo, 31s80.

Por sua vez, Ruiter Silva não se classificou para a final dos 200m medley SM9 (atletas com alta funcionalidade). Ele foi o sexto de sua bateria, com 2min30s24.