PUBLICIDADE
Topo

Pergunta pro Jokura

Quem foi o medalhista olímpico mais velho?

O atirador sueco Oscar Swahn conquistou uma medalha de prata com 72 anos nos jogos de Antuérpia 1920. - Reprodução
O atirador sueco Oscar Swahn conquistou uma medalha de prata com 72 anos nos jogos de Antuérpia 1920. Imagem: Reprodução
Tiago Jokura

Tiago Jokura é jornalista e, portanto, curioso profissional. Passou os últimos 15 anos respondendo as dúvidas mais complexas e inusitadas dos leitores na mídia impressa, na tentativa infinita de explicar como o mundo funciona com clareza e bom humor. Agora, continua essa saga aqui no UOL.

27/07/2021 04h00

Quem foi o medalhista olímpico mais velho?
Pergunta de Wesley Modro, do Porto (Portugal)

Caro portuense, mais do que oportuna sua velha dúvida. Bom momento para valorizar os velhinhos um dia depois de duas meninas de 13 anos e outra de 16 formarem o primeiro pódio do skate feminino - um salve para a Fadinha maranhense Rayssa Leal.

Oscar Swahn, atirador sueco - COI - COI
Oscar Swahn faturou dez medalhas em três participações olímpicas.
Imagem: COI

Considerando apenas competições esportivas (nos primórdios dos jogos das Olimpíadas da era moderna havia disputas artísticas, que ainda serão tema desta coluna, aguarde), o mais velho a medalhar foi o atirador sueco Oscar Swahn. Em Antuérpia 1920, ele conquistou a prata no tiro duplo ao veado - calma que era só um alvo no formato do bicho - por equipes masculino (ufa!) aos 72 anos. Ele também é o atleta mais velho a competir em uma edição dos jogos (também em Antuérpia 1920) e o mais velho a ganhar o ouro (em Estocolmo 1912, aos 64).

Além da prata que lhe rendeu o recorde até hoje imbatível, Oscar faturou três medalhas de ouro e duas de bronze em Londres 1908 e Estocolmo 1912. A longevidade do sueco era tamanha que ele tinha idade para ser o pai dos atletas com quem competia - nesse caso, literalmente, já que o seu filho, Alfred Swahn, também estava nas equipes suecas em todas as três Olimpíadas que Oscar disputou.

Para continuar falando desses longevos atletas, deixo com vocês mais uma curiosidade de longa data. Sabe quem é o medalhista (e campeão) olímpico mais velho ainda vivo? É a ginasta húngara Ágnes Keleti, vencedora de 10 medalhas (cinco ouros, três pratas e dois bronzes) em Helsinque 1952 e Melbourne 1956. Ela completou 100 anos neste 2021 e recebeu uma bonita homenagem do Comitê Olímpico Internacional (COI). Vida longa a essa e outras lendas do esporte olímpico.

Tem alguma pergunta? Deixe nos comentários.