PUBLICIDADE
Topo

Pergunta pro Jokura

Quem é o atleta que disputou mais Olimpíadas?

Ian Millar na prova de saltos do hipismo em Londres 2012 ? sua décima participação olímpica. - Alex Livesey/Getty Images
Ian Millar na prova de saltos do hipismo em Londres 2012 ? sua décima participação olímpica. Imagem: Alex Livesey/Getty Images
Tiago Jokura

Tiago Jokura é jornalista e, portanto, curioso profissional. Passou os últimos 15 anos respondendo as dúvidas mais complexas e inusitadas dos leitores na mídia impressa, na tentativa infinita de explicar como o mundo funciona com clareza e bom humor. Agora, continua essa saga aqui no UOL.

26/07/2021 04h00

Quem é o atleta que disputou mais Olimpíadas?
Pergunta de Regina Casco, de Imperatriz (MA)

É o cavaleiro canadense Ian Millar, que participou de nada menos do que dez edições dos jogos, cara imperatrizense. Também conhecido como Capitão Canadá, Millar iniciou sua saga olímpica com 25 anos, em Munique 1972, e encerrou um ciclo olímpico de 40 anos em Londres 2012. Se não fosse pelo boicote a Moscou 1980 por parte dos EUA e de países alinhados aos americanos na Guerra Fria que eles travavam contra os soviéticos, o recorde seria ainda maior, com 11 Olimpíadas na conta.

Millar também pode ser considerado um dos atletas olímpicos mais persistentes: a primeira e única medalha dele, de prata, só veio na 9ª e penúltima participação. Em Beijing 2008, o time canadense ficou em 2º lugar no hipismo por equipes. Antes disso, ele bateu na trave em busca da medalha em duas edições dos jogos, ficando em 4º lugar, sempre por equipes, em Los Angeles 1984 e Seul 1988. E o melhor resultado competindo individualmente veio justamente na saideira: 9º lugar em Londres 2012.

Nessa longeva e competitiva trajetória, Millar competiu com 8 cavalos: The Shoeman (Munique 1972), Count Down (Montreal 1976), Big Ben (Los Angeles 1984 a Barcelona 1992), Play It Again (Atlanta 1996), Dorincord (Sidney 2000), Promise Me (Atenas 2004), In Style (Beijing 2008) e Star Power (Londres 2012).

E o legado não parou em Londres, não. Embora tenha ficado de fora do Rio 2016 porque seu cavalo Dixson passou por cirurgias meses antes dos jogos, Ian Millar assistiu sua filha, Amy Millar, integrar o time olímpico de hipismo canadense, montando Heros.

Tem alguma pergunta? Deixe nos comentários.