PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Maradólar: saiba o que é, quanto custa e como adquirir a moeda dedicada a Maradona

20/10/2021 10h57


Em homenagem a Diego Armando Maradona, argentinos fãs do jogador pretendem lançar uma criptomoeda com seu nome, o 'maradólar'. A moeda digital em referência ao craque deve estrear em 30 de outubro, data em que o jogador, que morreu em novembro de 2020, completaria 61 anos.

O objetivo, segundo desenvolvedores, é aproximar a economia informal argentina - que sofre com o período de alta inflação - ao mercado de criptomoedas, potencial sucesso em toda a América Latina.

O maradólar será distribuído através do processamento 'airdrop', um procedimento de distribuição de 'tokens' que são concedidos a quem possui uma criptomoeda pré-existente, como o Bitcoin. Como não será cotada em câmbios virtuais, os desenvolvedores esclarecem que o maradólar não terá um valor específico. Seu preço será atribuído com base na oferta e demanda.

Segundo publicado no site oficial da nova moeda (https://www.maradolar.com/), serão sorteadas 10 mil unidades para 10 mil pessoas cadastradas em sua plataforma. A ideia dos desenvolvedores é começar a liquidar a moeda depois que 100 mil usuários ativos forem registrados

O maradólar é uma espécie de 'token' ou ativo digital, que fica instalado na rede Binance Smart Chain (BEP20), rede que permite a compra, venda e troca de diferentes criptomoedas. Assim, a moeda em homenagem a Maradona pode ser utilizada para, além de outras utilidades, comprar bens e serviços.

Futebol