PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jardine confirma Matheus Henrique, e não espera jogo fácil contra Arábia Saudita: 'Querem vencer a Seleção Brasileira'

27/07/2021 12h30


Antes do último jogo da Seleção Brasileira masculina na fase de grupos dos Jogos Olímpicos, o técnico André Jardine afirmou que não espera um jogo fácil contra a Arábia Saudita nesta quarta-feira. Em entrevista coletiva, o comandante brasileiro também confirmou a titularidade de Matheus Henrique.

+ Veja a tabela e os jogos das Olimpíadas


- A Arábia é uma ótima equipe, uma seleção que se classificou com muitos méritos e aqui fez jogos muito equilibrados com Costa do Marfim e Alemanha. Jogo decidido no detalhe, poderia ter vencido, acabou perdendo com gol de bola parada no fim - disse Jardine, que completou:

- É um jogo dificílimo, não temos expectativa de ter facilidade. Mesmo eliminada, acreditamos que a Arábia vai fazer uma final de Olimpíada, vai fazer seu último jogo, o jogo de despedida, sabemos o peso que tem ganhar da Seleção Brasileira. Não tem almoço de graça, vai ser um jogo duro, vale a nossa ambição de sair em primeiro, que é um objetivo nosso - prosseguiu.

- Sabemos que a Arábia vai jogar para vencer a Seleção Brasileira. Eles têm uma equipe organizada, com jogadores de ataque perigosos. Tem tudo para ser um grande jogo, um jogo mais franco. As defesas vão trabalhar mais, os atacantes com mais espaço, com capacidade de drible dos dois lados... Vai ser um jogo bacana de se assistir - finalizou.

+ ATUAÇÕES: Andressa Alves faz golaço de falta, mas Seleção Brasileira faz partida ruim nos Jogos Olímpicos; veja as notas

André Jardine confirmou que o meio-campista Matheus Henrique será o substituto de Douglas Luiz, suspenso por ter sido expulso na última partida.

- Matheus é um jogador muito importante no processo olímpico, um dos atletas com mais convocações, mais minutos, foi titular em quase todas as convocações em que esteve com a gente, já foi capitão da equipe, tem entrosamento ótimo com o Bruno Guimarães, e eles vão reeditar a dupla que praticamente jogou todos os jogos do Pré-Olímpico - disse.

+ Aplicativo "LANCE! Resultados" está disponível para Android e iOS. Baixe agora!

O treinador da Seleção Brasileira também falou sobre as diferenças de características entre o jogador do Grêmio, Douglas Luiz e também Bruno Guimarães. Com a entrada de Matheus Henrique, o meio-campista do Lyon é quem atuará mais recuado.

- Normalmente, quando joga o Matheus com o (Bruno) Guimarães, invertemos e damos a função mais de marcação ao Guimarães, que joga mais centralizado, por trás, perto dos zagueiros, para fazer a saída de bola acontecer e proteger mais a defesa. O Matheus vai ser mais um segundo volante, com liberdade para chegar à frente, fazendo também a proteção dos laterais, principalmente o Arana, que tem se lançado à frente.

- Ele traz uma característica própria dele, o controle, essa capacidade de ler o jogo, errar pouco passe, ter boas decisões no jogo. Ele sempre jogou em altíssimo nível com a gente e amanhã vai poder reeditar, esperamos que seja uma atuação no nível das outras - completou Jardine.

VEJA O QUADRO DE MEDALHAS DOS JOGOS OLÍMPICOS

Futebol