PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sem professora, Crespo aprende português com vídeos no Instagram

23/07/2021 15h00


Em apenas cinco meses morando no Brasil, o português de Hernán Crespo rapidamente melhorou muito. Após poucas entrevistas coletivas, o treinador do São Paulo passou a não utilizar o intérprete, falando e entendendo muito bem o português. O técnico, porém, não tem aulas com professores, mas usa vídeos do Instagram para melhorar seu conhecimento da língua.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

O treinador argentino tem aprendido a falar português através do vídeos da professora Sônia Rodríguez Mella. Também argentina, a professora publica, em seu Instagram (@traduccionesdeportugues), vídeos e imagens com dicas e ensinamentos sobre a língua que contam frequentemente com curtidas de Henán Crespo.

A professora enviou como presente para Crespo e para o preparador de goleiros Gustavo Nepote, que também acompanha os vídeos, o seu livro 'Portugués en un abrir y cerrar de ojos', escrito em 2019, que em português significa 'Português em um abrir e fechar de olhos'.

Sônia contou ao UOL sobre a relação com Crespo e Gustavo Nepote como seus 'alunos' por meio do Instagram.

- O Gustavo disse que foi o Hernán quem recomendou meu Instagram para ele. Eles dizem que as minhas publicações e vídeos ajudam muito na autoaprendizagem. Eles estão sem professora e usam meus conteúdos para aprender - comentou Sônia.

Após perceber que tinha um aluno tão ilustre quanto Crespo, a professora afirma que passou a acompanhar as entrevistas do treinador e se mostrou muito contente com o desempenho do argentino, que, segundo ela, parece estar aprendendo muito bem.

- Dá para perceber que é um homem muito inteligente. Ele fala várias línguas, e isso não é fácil. Incorporar uma nova língua estrangeira não se faz em um dia. Não percebo nenhuma questão específica da língua que esteja sendo um sofrimento para ele - concluiu Sônia

Após suas primeiras coletivas no Brasil, a evolução de Crespo na língua portuguesa foi notada pela mídia, que questionou o treinador sobre seu rápido aprendizado. O argentino afirmou que é uma questão de respeito.

- acho que é uma questão de respeito a esse país, ao lugar onde estou e às pessoas. Ademais, culturalmente eu gosto de aprender - afirmou Crespo durante entrevista coletiva.

E o respeito se expande para a comissão técnica. O preparador de goleiros, Gustavo Nepote, agradeceu ao livro enviado por Sônia, pois, segundo ele, é uma forma de estarem mais próximos dos 'irmãos brasileiros'.

Futebol