PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vinícius Trator exalta treinos com estrelas na Fight Sports: 'É motivador estar entre tantas feras'

21/06/2021 18h07


Vinícius Trator já deixou o status de promessa para se tornar uma realidade na arte suave há algum tempo. Aos 23 anos, o lutador que é natural da cidade de Franca, no interior de São Paulo, se mudou para os Estados Unidos em busca de viver apenas do esporte. Revelado na Alliance, o faixa-preta tem treinado em uma das principais equipes do mundo, a Fight Sports, liderada pelo multicampeão Roberto Cyborg em Miami (EUA). Lá, Trator atua ao lado de nomes do calibre de Gilbert Durinho, Vagner Rocha, Gesias Cavalcante, etc.

- Os treinos na Fight Sports são muito bons e bem intensos, com várias estrelas do MMA e Jiu-Jitsu mundial. Com certeza é prazeroso e motivador estar entre eles, treinando com essas feras frequentemente - vibrou.

Campeão dos principais torneios de Jiu-Jitsu como faixa-roxa e marrom, o hoje faixa-preta - graduado pelos mestres Michael Langhi e Fábio Gurgel - tem como grande momento até agora uma prata no ADCC, considerado o maior torneio de luta agarrada do mundo, em 2019. Com uma longa carreira pela frente, Vinícius faz planos ambiciosos, e destacou a valorização atual da arte suave nos Estados Unidos.

- Acredito que atualmente o Jiu-Jitsu proporciona uma boa qualidade de vida e o esporte está crescendo, sendo assim, no momento, não penso em migrar para o MMA. Hoje é possível viver apenas do Jiu-Jitsu, a modalidade está se profissionalizando cada vez mais. E também não sou muito fã de levar porrada, não (risos) - declarou o brasileiro, questionado sobre a possibilidade de migrar para as artes marciais mistas no futuro.

Dentre as principais conquistas recentes de Trator estão o Pan No-Gi, em 2019, além do Campeonato Brasileiro e do Sul Americano no mesmo ano, onde ficou com o duplo ouro. Já em 2021, com o retorno dos eventos realizados pela IBJJF pós-pandemia, ele ficou com o título No-Gi no Orlando Open, que aconteceu no último mês de março, na Flórida (EUA). Questionado sobre as principais metas para o ano, o jovem lutador revelou que pretende se manter ativo com foco no próximo ADCC, que será organizado em 2022.

- No momento estou em preparação para o Pan e todos os Grand Slams da AJP que vão acontecer esse ano, vou tentar lutar todos para pegar ritmo de competição e me preparar mentalmente para o ADCC 2022 - encerrou ele.

Futebol