PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Família de vítima da tragédia do Ninho prepara ação de R$ 10 milhões contra o Flamengo, diz jornal

08/04/2021 15h45


A família de Christian Esmério, uma das dez vítimas no incêndio do Ninho do Urubu em fevereiro de 2019, prepara uma nova ação na Justiça contra o Flamengo. De acordo com o jornal O Globo, os pais do ex-goleiro planejam pedir cerca de R$ 10 milhões de indenização caso não cheguem, nas próximas semanas, a um acordo com a diretoria rubro-negra.

+ Esquenta da Supercopa! Lembre 25 jogadores que defenderam Flamengo e Palmeiras

Desde o dia 8 de fevereiro, data que marcou a missa de dois anos da tragédia, Christiano Esmério e Andreia Lopes, pais de Christian, mantêm contato semanal com os dirigentes do Flamengo. Apesar das conversas regulares, as partes ainda não chegaram a um entendimento sobre o valor indenizatório. O clube carioca não se manifestou sobre o assunto.

Até o momento, oito famílias e meia das dez vítimas da tragédia já chegaram a um acordo com o Flamengo no que diz respeito a indenizações. Os valores dos acordos variaram entre R$ 1,5 milhão a R$ 2 milhões. Além de Christian, resta o Flamengo se acertar com a mãe de Rykelmo Viana, que entrou com uma ação na Justiça cobrando R$ 6,9 milhões do clube.

+ Tragédia no Ninho: auditoria conclui que Flamengo paga a familiares 'um valor superior' aos padrões da Justiça

Considerado um dos mais promissores entre os jovens que morreram no incêndio, Christian já havia sido convocado para seleções brasileiras de base. Por isso, familiares e representantes jurídicos entendem que devem receber um valor maior daquele aceitado pelas outras famílias.

Futebol