PUBLICIDADE
Topo

Dudu afirma que Luxa uniu mais o elenco do Palmeiras: 'Somos família'

28/05/2020 20h07

O Palmeiras está mais unido neste ano. A declaração é de Dudu, apontando que a relação entre todos os jogadores ficou mais próxima com a chegada de Vanderlei Luxemburgo, contratado para 2020 depois de um 2019 sem títulos com Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes no comando da equipe.

- No Palmeiras, somos uma família. Estamos mais próximos ainda, depois que o Vanderlei chegou. Sabemos que precisamos disso para conquistar títulos e ter uma temporada boa. Estamos até tristes por passar esse momento distante do elenco. Esperamos que passe rápido e volte o convívio com os jogadores e quem trabalha no clube. Estamos com muitas saudades - disse o atacante, em live promovida nas contas de Instagram do clube e da patrocinadora Crefisa.

Campeão de dois Brasileiros, quatro Paulistas e um Torneio Rio-São Paulo no clube, Vanderlei Luxemburgo retornou ao Palmeiras prometendo fazer Dudu ser mais participativo em campo, inclusive cobrando mais gols do astro. E o camisa 7 indicou que o treinador pode ajudá-lo em uma evolução que ele tem mostrado desde a sua contratação, há cinco anos.

- Venho evoluindo desde 2015. O Vanderlei é um grande treinador, vencedor. Todos que passaram na mão dele fizeram sucesso, e ele quer fazer isso comigo, quer me tornar mais participativo, me cobra para fazer mais gols. E não só eu, todos os jogadores precisam ouvir o que tem para para passar um treinador vitorioso e de grandes trabalhos - comentou Dudu.

- Ele já conquistou vários títulos no Palmeiras e, neste ano, está com muito vontade de ser campeão de novo. Esperamos conseguir isso com ele. Quando voltar tudo, que possamos ajudá-lo a ter êxito e, no fim do ano, eu, o Vanderlei, jogadores, torcida, todos estarmos felizes. É o que precisamos - completou.

Apesar dos elogios, Dudu afirmou que ainda não é possível avaliar o trabalho de Vanderlei Luxemburgo. O atacante, bicampeão brasileiro e vencedor de uma Copa do Brasil, ressalta que conseguiu aproveitar, de alguma forma, todos os treinadores que o comandaram no clube.

- Sempre me dei bem com todos os treinadores. Todos que vieram no Palmeiras sempre me deram confiança, e procuro aprender um pouco mais com cada um. Tenho carinho pelo Felipão que, desde o Grêmio, me ajudou. O Cuca também me ajudou muito e até o Alberto (Valentim), que ficou pouco tempo como técnico. Com cada um, aprendi um pouquinho. Não dá ainda para falar do Vanderlei, é pouco tempo de trabalho, mas está sendo uma experiência muito boa com ele e sua comissão - enalteceu.

Futebol