PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Com caras novas, Botafogo busca a primeira vitória pelo Carioca

26/01/2020 09h00

O Botafogo terá a sua "estreia em definitivo" pela Taça Guanabara - primeiro turno do Campeonato Carioca- e tenta esquecer os problemas antigos. Neste domingo, com a equipe titular, o Alvinegro recebe o Macaé, às 19h, no Nilton Santos, pela terceira rodada da competição. Com novos jogadores, o time comandado por Alberto Valentim busca o primeiro triunfo na temporada para conseguir recuperação o mais rápido possível e brigar pela fase semifinal.

Nas duas últimas partidas, a equipe reserva não rendeu o esperado e perdeu os dois compromissos contra o Volta Redonda e Madureira. O time de General Severiano não somou pontos e está na quarta colocação no Grupo A. Do outro lado, o Macaé também não vive grande momento e amarga a lanterna do Grupo B, com apenas um ponto somado.

Além da estreia do time titular, o elenco formado está renovado e com novas peças. Neste início de ano, a diretoria do Botafogo contratou nomes não muito conhecidos, mas que podem inovar e mostrar empenho dentro de campo. Thiaguinho, Bruno Nazário, Guilherme Santos, Pedro Raul e Luís Henrique terão a primeira oportunidade em campo. Para balançar as redes, a dupla de ataque é promissora e o entrosamento com o tempo pode trazer resultados satisfatórios ao treinador.

TABELA

VEJA E SIMULE A CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO CARIOCA

Além disso, algumas referências dentro de campo deixaram o clube. O meia João Paulo e os atacantes Diego Souza e Valencia não fazem mais parte do plantel. Consequentemente, a média de idade caiu, o que pode tornar a equipe mais dinâmica. A velocidade do time foi um dos problemas que também incomodou o torcedor ao longo da temporada.

Com relação aos dois jogos iniciais, Alberto Valentim já alertou que, apesar da força de vontade, houve tentativa de realizar as ações feitas nos treinos, porém o time cometeu erros. O comandante avisou que vai ter uma conversa com os atletas que atuaram nas duas derrotas consecutivas.

- Vi algumas tentativas do que tínhamos feito e treinado. Depois nos perdemos, principalmente quando eu vi o Botafogo em desvantagem. Jogadores queriam fazer cada um do seu jeito. Não é assim que queremos trabalhar esse ano. Terei uma conversa mais a fundo com os jogadores que ficaram aqui. Alguns jogadores foram bem. Gostei de alguns. Agora todos juntos para ficarmos mais perto. O campeonato começa para a gente agora. Já que não somamos nas primeiras rodadas, começa agora com o Botafogo com toda força - disse.

Outro ponto que o Botafogo tem de missão é marcar gols. Nos dois duelos, foram três gols sofridos e nenhum marcado. A "greve" de gols é algo que incomoda o clube desde a temporada passada. No Brasileiro, o time chegou a três rodadas consecutivas sem marcar um gol. Para não acabar nesta mesma situação, a ofensividade é algo diferencial. A temporada começa agora para o Glorioso.

Futebol