PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Jesus não crê em 'abalo' para o Mundial e responde sobre continuidade no Flamengo

08/12/2019 19h37

O Flamengo esteve irreconhecível na partida diante do Santos, neste domingo, pela última rodada do Brasileiro. A equipe de Jorge Jesus foi goleada por 4 a 0, na Vila Belmiro, e sofreu com a apatia ao longo dos 90 minutos.

Após o jogo, o treinador falou com a imprensa e afirmou que o revés não abalará os seus comandados para o Mundial de Clubes, cuja semifinal ocorrerá dia 17 de dezembro para o Fla - contra Al-Hilal-SAU ou Espérance-TUN.

- Para o Mundial de Clubes não vai abalar nada, zero. Nesse jogo os jogadores já pensando na semifinal, não podemos deixar de dar méritos ao Santos, uma equipe que jogou. Competitiva. Mas o Flamengo depois de ganhar tudo não há mais nada pra ganhar no nacional, para a maior parte dos jogadores, no subconsciente deles. Quando não é competitivo contra uma equipe, tem alguma dificuldade - disse o Mister.

Ainda sobre o tema, Jesus afirmou que os resultados no Mundial não irão "influenciar" em sua decisão a respeito de 2020 - se ficará no Flamengo após o contrato, a encerrar em meados do ano que vem, ou não.

- Tudo o que acontecer no Mundial não vai influenciar na minha decisão. Tenho contrato com o Flamengo, gosto do Flamengo e, portanto, temos que focar no Mundial. Depois vou para Portugal passar Natal com a minha família e, dia 22 de janeiro, é a apresentação para a temporada 2020.

MAIS SOBRE A MÁ ATUAÇÃO

Ainda na entrevista coletiva, Jorge Jesus também admitiu que a postura da equipe foi apática e com poucos jogadores "entrando em campo". Até fez uma brincadeira, dizendo que nem ele estava enérgico, pois estava gripado.

- Ganhar é sempre importante, nós viemos para não perder. Mas taticamente o time estava meio desligado do jogo. Santos teve méritos, fez uma partida competitiva, quis ganhar do campeão, mostrar seu valor. Fizeram bem o que tinham que fazer. E o Flamengo fez o contrário. Somos campeões, não vamos arriscar nada, não vamos entrar dentro dos jogadores do Santos. Quando o jogo acabou, eles não estavam felizes, óbvio, mas o mais importante é que não tivemos ninguém lesionado.

Entrei com 11 jogadores. Dos 11, cinco ou seis entraram em campo. Os outros não conseguiram segurar o jogo - completou o Mister.

Agora, o Flamengo de Jorge Jesus passa a focar integralmente no Mundial. O clube deve chegar em Doha, no Qatar, até sexta-feira.

Futebol