PUBLICIDADE
Topo

Autuori diz que atacante punido por doping jogará no Santos em 2020

Diogo Vitor foi pego no exame antidoping com substância presente na cocaína - Ivan Storti/SantosFC
Diogo Vitor foi pego no exame antidoping com substância presente na cocaína Imagem: Ivan Storti/SantosFC

30/10/2019 11h27

Paulo Autuori, superintendente de futebol do Santos, confirmou o retorno do meia-atacante Diogo Vitor ao clube no próximo ano e rasgou elogios ao atleta. O jogador cumpriu um ano e meio de suspensão após um exame antidoping encontrar uma substância presente na cocaína em seu organismo.

O dirigente do Peixe deixou claro que não desiste das pessoas e prometeu criar um plano de trabalho para o jogador.

"Diogo Vitor será reaproveitado. Não estou acostumado a desistir das pessoas. Diogo Vitor é um talento. Falar em talento você tem de falar de uma maneira muito clara, é raridade isso. Clube tem de tomar cuidado, porque tem a maior referência que é o Pelé. Estaremos juntos com ele, vamos criar um plano de trabalho. Ele não estará no grupo amanhã, mas fará um trabalho para começar no elenco em 2020", afirmou o dirigente do Santos.

Vale lembrar que a votação do julgamento terminou com três votos por 18 meses de pena, dois votos por 24 meses e um voto apenas pelos 12 meses já cumpridos. O flagra no exame antidoping ocorreu depois da partida entre Santos e Botafogo-SP, em 21 de março de 2018, pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

Diogo Vitor tem contrato com o Santos até 16 de fevereiro de 2021. Durante a suspensão, o acordo esteve suspenso e o jogador, por determinação da Fifa, não podia receber salário e nem treinar nas instalações do Santos.

Futebol