Topo

Futebol


Londrina e Figueirense terminam sem gols 'jogo da agonia' na Série B

15/10/2019 21h12

Entrando na 29ª do Brasileirão da Série B com absoluta necessidade de vencer, Londrina e Figueirense tiveram chances, mas se igualaram em um péssimo para os dois lados 0 a 0. Enquanto o time da casa foi a 32 pontos e, em 16°, pode entrar na zona de rebaixamento com vitória do Vila Nova, os catarinenses seguem dentro do Z4 com 28 unidades e na 19ª colocação.

FICA ESPERTO, GOLEIRÃO!

Em meio a partida que começou com dois times mais preocupados em não errar do que necessariamente ousarem mais nos lances ofensivos, o primeiro momento mais agudo apareceu quando Matheusinho recebeu bola no bico esquerdo da grande área, cortou pro meio e encheu o pé aos 10 minutos forçando defesa importante de Pegorari.

APERTOU O PASSO!

Mesmo que sem "sufocar" o Figueirense, era notória a condição do Londrina de equipe dominante. Seja pelo fato de que o time catarinense não esboçava qualquer jogada que efetivamente desorganizasse a zaga adversária ou também porque, quando o contrário acontecia, os passes e movimentação de ataque do Tubarão encontrava espaços para finalizar com relativa facilidade.

Nesse panorama, além de Matheusinho ter outra oportunidade de marcar em bola que bateu cruzado e viu ela passar na pequena área sem ninguém para empurrar as redes, André Moritz carregou na intermediária e soltou a bomba de média distância para a bola beliscar o travessão antes de sair pela linha de fundo.

TUDO PRO SEGUNDO TEMPO

Cabeçada e chute de Matheusinho, falta de André Moritz, erro de cruzamento em cima da hora de Breno... tentativas por parte do Londrina para criar uma vantagem não faltaram, mas a pontaria não parecia estar tão inspirada como a intensidade do sistema ofensivo. Não pelo menos dentro dos primeiros 45 minutos do compromisso no interior paranaense.

ANSIEDADE 'RAREANDO' AS CHANCES

O nervosismo e ansiedade que tomou conta principalmente dos anfitriões nos primeiros minutos da etapa complementar atrapalharam a criação de jogadas que era vista anteriormente. Com isso, o jogo no todo perdeu em intensidade de jogadas e ganhou no quesito divididas, cartões e reclamações junto a arbitragem de Jonathan Antero Silva.

A MELHOR DA PARTIDA!

Em uma rara chegada mais estruturada do Figueira, o meio-campista Felipe Matheus aproveitou o corte errado da zaga londrinense aos 27 minutos e bateu de primeira com a perna esquerda para Lucas Costa salvar em cima da linha. No rebote, nova batida forte de Felipe e nova intervenção com o corpo de Lucas pra salvação do Londrina e pro desespero do Figueirense.

PEGARAM FIRME

O último lance mais contundente do Londrina e do jogo, mesmo com Patrick sendo expulso apenas aos 32 minutos, surgiu aos 30 com Júnior Pirambu batendo com violência de fora da área e Pegorari fazendo a defesa em bola posteriormente afastada pela zaga.

Futebol