Mais informação com menos tempo de leitura
Topo

Futebol


CRB mantém fama de visitante indigesto e derruba o Coritiba no Couto Pereira

21/09/2019 21h05

O melhor dos mundos para o CRB e o pior dos resultados para a equipe do Coritiba. É exatamente dessa forma que pode se definir o placar de 2 a 1 favorável aos alagoanos na noite desse sábado (21) pela Série B do Brasileirão.

Isso porque, com mais uma vitória do melhor visitante da competição, o Regatiano conseguiu adentrar o grupo dos quatro primeiros colocados na quarta posição com 36 unidades. A equipe de Umberto Louzer, sem vencer há seis rodadas e com dois expulsos, incluíndo o meia Rafinha, segue seu "calvário" agora caindo para oitavo com 34 pontos.

VOCÊ DISSE EFICIÊNCIA?

Vendo o time da casa tentando imprimir maior volume ofensivo tendo até então só feito um cruzamento que foi cortado pela zaga, o time alagoano precisou apenas da primeira finalização em gol para inaugurar a contagem no Alto da Glória. Aos nove minutos, em jogada rápida, Alisson Farias fez o corta-luz e, em bola espirrada na zaga, Felipe Ferreira pegou firme na bola e mandou no extremo canto esquerdo de Alex Muralha.

CONFORTÁVEL

Tendo a sua disposição a chance de jogar nos contra-ataques, proposta que era a meta inicial do Galo da Praia, os visitantes se permitiam até mesmo avançar um pouco suas linhas e, por vezes, segurar a posse no plano ofensivo. Por outro lado, o nervosismo tanto dentro de campo como nas arquibancadas do Couto Pereira pareciam pesar negativamente no desempenho do Coxa que, com exceção do chute de Giovanni que passou bem perto do gol de Vinicius, não conseguia criar mais nada que realmente desse esperança de se aproximar da igualdade.

CONTUSÃO E CONFUSÃO

Aos 36 minutos, uma bola que ficou rondando a área do CRB em bate e rebate foi alçada na área onde o meio-campista do Coritiba, Thiago Lopes, tentou o voleio, mas acabou acertando em cheio o rosto do lateral-esquerdo Igor. Depois de uma confusão generalizada que começou com a ríspida reclamação de Vinicius, Bryan e Vinicius tomaram cartões do lado alagoano além de Rafinha e Thiago por parte do Coxa. Como o último já tinha amarelo, acabou expulso de campo.

VACILOU? É CAIXA!

Com o clima ficando cada vez mais tenso, um erro do sistema defensivo do Coritiba acabou sendo letal para o aumento da dianteira por parte do Galo da Praia. Claudinei apertou a marcação em cima de Diogo Matheus que, perdendo a bola, viu Léo Ceará dominar e bater no mesmo canto esquerdo em que Muralha havia sofrido o primeiro tento.

NÚMEROS IGUALADOS

Logo com seis minutos do tempo complementar, as coisas pareciam com tendência a mudar favoravelmente aos donos da casa quando o zagueiro Ewerton Páscoa, por falta em cima de Rafinha, levou o segundo cartão amarelo e também deixou o campo mais cedo.

Com isso, mesmo sem ser absolutamente brilhante no ataque, o time anfitrião conseguiu colocar em dificuldades o goleiro Vinicius em finalizações de Rafinha, Rodrigão e Giovanni, todas elas bem afastadas pelo camisa 1 do CRB.

O QUE JÁ ESTAVA RUIM...

Para deixar as coisas mais complicadas tanto dentro do compromisso como pensando já no próximo, Rafinha acabou levantando demais o pé em dividida com Iago e, tomando o segundo amarelo, também foi expulso.

Mais Futebol