Topo

Futebol


Radar L!: Como foram os brasileiros na primeira rodada da Champions

19/09/2019 20h39

A fase de grupos da Liga dos Campeões teve início no meio desta semana, com partidas nas últimas terça e quarta-feira, que podem ter sido decisivas para a convocação da Seleção Brasileira desta sexta-feira. Veja como foi o desempenho dos principais jogadores brasileiros na primeira rodada da maior competição de clubes do mundo.

Manchester City x Shakhtar Donetsk: 10 brasileiros em campo, Fernandinho zagueiro e gol de Gabriel Jesus

No lado ucraniano, Taison, dono da braçadeira do Shakhtar, Ismaily e Alan Patrick, além de dois naturalizados ucranianos, Marlos e Júnior Moraes, estiveram todos no time titular. Depois, Marcos Antônio Bahia e Dentinho ainda entraram nas vagas de Alan Patrick e Moraes. Nenhum deles, porém, foi páreo para o Manchester City, que dominou do início ao fim.

Com a braçadeira de campeão, e escalado na zaga devido aos desfalques do City, Fernandinho pouco trabalhou defensivamente. O mesmo vale para o goleiro Ederson. O destaque ficou para Gabriel Jesus, que foi titular e, aos 30 do segundo tempo, fechou o marcador a favor dos ingleses.

Atlético de Madrid x Juventus: Laterais brasileiros vão bem

A partida entre espanhóis e italianos, que terminou empatada em 2 a 2, iniciou com quatro laterais brasileiros em campo: Danilo e Alex Sandro, do lado da Juve, e Renan Lodi, estreando na Liga dos Campeões, pelos Colchoneros.

O saldo foi positivo. Mais à vontade do que vem se mostrando na Seleção Brasileira, Alex Sandro marcou com segurança e ainda fez o cruzamento para Matuidi marcar o segundo gol da Juventus em Madrid. Pela direita, Danilo também teve uma atuação sólida na defesa, e ainda fez boas dobradinhas com Cuadrado.

Pelo Atleti, Lodi atuou os 90 minutos e foi uma presença constante no apoio. Apesar de não ter conseguido evitar o belo gol de Cuadrado, que abriu o placar do confronto, o ex-Athletico-PR fez boa partida, e aparentou muita tranquilidade em sua estreia na Liga.

Fabinho e Firmino dominados em Nápoles

Assim como todo o ataque do Liverpool, Roberto Firmino foi completamente dominado pelo zagueiro Kalidou Koulibaly, do Napoli. Os atuais campeões da Liga, que também tiveram o volante Fabinho entre os titulares, jogaram mal, e foram presas fáceis para a equipe de Carlo Ancelotti. O meio-campista Allan, que deve estar na convocação de Tite, nesta sexta-feira, fez uma partida razoável, e foi substituído no segundo tempo.

Em partida fraca do Barça, Arthur se salva

O Barcelona ficou devendo no empate em 0 a 0 com o Borussia Dortmund, na Alemanha, e o destaque não poderia ser ninguém menos que Andrés Ter Stergen - que defendeu o pênalti de Reus e evitou o pior para os catalães. Entre os jogadores de linha, porém, Arthur conseguiu se salvar. Principal organizador do meio-campo blaugrana no confronto, o brasileiro recebeu a segunda maior nota do jornal espanhol 'Mundo Deportivo', ficando atrás somente do goleiro alemão.

Philippe Coutinho ganhando seu espaço no Bayern

O brasileiro chegou a marcar, em desvio de letra, na vitória do Bayern de Munique, por 3 a 0, sobre o Estrela Vermelha, mas o gol foi anulado por impedimento. No decorrer do jogo, o meia-atacante ainda chutou com perigo duas vezes, movimentou-se bastante, fez bons lançamentos, e parece estar na direção certa para recuperar a forma - pedida no Barcelona nas duas últimas temporadas.

Mais Futebol