Topo

Futebol


Santos abre 3 a 0, sofre pane no 2º tempo e só empata com o Fortaleza

25/08/2019 18h08

Do céu ao inferno. Vindo de duas derrotas no Brasileirão, o Santos entrou em campo mordido, neste domingo, e atropelou o Fortaleza por 3 a 0 no primeiro tempo, com gols de Marinho, Jorge e Sasha. Com a vantagem porém, o Peixe relaxou, sofreu dois gols de Wellington Paulista e, aos 49 do segundo tempo, viu Tinga empatar para o Leão. Com o resultado na 16ª rodada, o Alvinegro fica com 33 pontos e pode perder a liderança para o Flamengo nos critérios de desempate.

Na próxima rodada, o Peixe visita a Chapecoense no sábado, às 19h. O Leão do Pici - que fica com 18 pontos e não pode ser ultrapassado na 15º posição - recebe o Goiás no domingo, às 16h, no Castelão.

COM JEITO É MARINHO...

Um minuto e 32 segundos: este foi o tempo que o Peixe levou para dar uma resposta pelos últimos dois jogos. Jorge lançou Evandro na grande área e, a partir daí, tudo de primeira: o meia escorou para Sasha, que rolou na esquerda para Marinho chapar no canto, com jeito. Era o Alvinegro, mordido, abrindo o placar na Baixada.

...O MÍSSIL É DE JORGE!

Como uma tsunami invadindo as praias de Santos, o time de Sampaoli massacrava o Fortaleza. Aos quatro minutos, Soteldo teve chance clara, mas parou em Felipe Alves. Aos nove, o 2 a 0: Marinho cobrou o escanteio, Alves tirou de soco e, na sobra, Jorge - destaque da etapa inicial - pegou de primeira, da meia-lua, e fez um golaço - em lance de jogador de Seleção Brasileira.

BAILE NA VILA

Sem afrouxar o ritmo, time mandante manteve o ímpeto por toda a primeira etapa. Aos 32, Jorge, sempre ele, lançou Sasha, que invadiu a área e tocou por cima do goleiro. O lance, a princípio anulado por impedimento, foi rapidamente validado pelo VAR.

NÃO ESTÁ MORTO QUEM PELEIA

O Fortaleza tomou um choque no vestiário e voltou aceso para o segundo tempo. Aos 10, Edinho arrancou pelo meio e caiu após contato com Aguilar na grande área. Com o auxílio do VAR, o árbitro marcou pênalti, convertido por Wellington Paulista. Não demorou, o camisa 9 recebeu cruzamento e, da pequena área, marcou o segundo - dando conotação dramática ao duelo na Vila.

NA BACIA DAS ALMAS!

Pressionado, o Santos oxigenou o time com as entradas de Sánchez e Mota, e voltou ao controle do jogo. No fim, porém, o Tricolor do Ceará partiu para o abafa e chegou ao empate. Aos 49' do segundo tempo, Tinga aproveitou o cochilo da zaga santista e completou para o gol o cruzamento de Carlinhos, frustrando a torcida santista.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 3 X 3 FORTALEZA

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)

Data/hora: 25/08 - 16h

Árbitro: Rodrigo D'alonso Ferreira (SC) - Nota L!:

Assistentes: Helton Nunes e Alex dos Santos (ambos SC)

Árbitro de vídeo: Rafael Traci (SC)

Assistentes: William Machado Steffen e Thiaggo Americano Labes (ambos SC)

Público e renda:

Gramado: Ótimo

Cartões amarelos: C. Sánchez, Jorge e Marinho (SAN); Juninho, Felipe e Carlinhos (FOR)

Cartões vermelhos: não houve.

GOLS: Marinho 1'/2ºT (1-0), Jorge 9'/2ºT (2-0), E. Sasha 32'/2ºT (3-0), Wellington Paulista 14'/2ºT (3-1), W. Paulista 22'/2ºT (3-2) e Tinga 49'/2ºT (3-3)

SANTOS: Everson, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar e Jorge; Alison, Diego Pituca e Evandro (C. Sánchez, 25'/2ºT); Marinho, Soteldo (D. González, 43'/2ºT)e Eduardo Sasha (Jean Mota 30'/2ºT). Técnico: Jorge Sampaoli.

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Jackson e Carlinhos; Juninho, Felipe, Gabriel Dias (André Luís, 33'/2ºT); Edinho (Osvaldo, 36'/2ºT), Romarinho (Felipe Pires, intervalo) e Wellington Paulista. Técnico: Zé Ricardo.

Mais Futebol