Topo

Futebol


'Ainda sem acreditar': Jorge comemora convocação pelo Brasil

16/08/2019 12h19

Nervoso e incrédulo. O lateral-esquerdo Jorge demonstrou essas sensações minutos depois de ser convocado pelo técnico Tite para defender a Seleção Brasileiro. O atleta fez uma série de agradecimentos à família, ao Santos e a Sampaoli, técnico do Peixe.

Jorge relembrou de sua apresentação no Santos, em março. Em uma das respostas, o defensor afirmou que estava voltando ao Brasil para encher os olhos de Tite e ser convocado novamente para a Seleção.

- Primeiro de tudo agradecer a Deus, à minha família, que esteve comigo, acima de tudo também ao Santos, à comissão técnica e ao professor Sampaoli, que é uma pessoa que está me ajudando muito aqui no dia a dia e nos jogos também. Ainda sem acreditar, estou nervoso ainda. Parece que é a primeira vez. Quando vim para cá, falei que meu objetivo era arrebentar no Santos e voltar para a Seleção. Hoje, novamente meu nome estava lá e é gratificar a Deus por tudo isso - comemorou timidamente o lateral-esquerdo.

- Eu não sabia de nada. Fiquei na expectativa grande. Vim fazendo bons jogos. Tenho concorrentes muito fortes na lateral esquerda. Só de saber que estou ali, que ele (Tite) lembra de mim e meu nome está forte na Seleção com ele - emendou o defensor.

Jorge disputará os amistosos contra Colômbia e Peru, nos dias 6 e 10 de setembro, em Miami-EUA e Los Angeles-EUA, respectivamente. Com isso, o atleta perderá o duelo contra o Athletico-PR, na Vila Belmiro, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Emprestado pelo Santos até o fim do ano, Jorge já disputou 17 jogos, marcou um gol e deu duas assistências. O Peixe tem o direito de exercer a compra do lateral-esquerdo em 8 milhões de euros (R$ 34 milhões).

Mais Futebol