Topo

Futebol


Marcelo Teixeira deixa direção das categorias de base do Fluminense

22/05/2019 21h40

Marcelo Teixeira não trabalha mais para o Fluminense. O clube informou, nesta quarta-feira, que solicitou o pedido do dirigente, que se desligou, após um pedido formal, do cargo de diretor das categorias de base, função que ocupou no clube das Laranjeiras desde 2015.

Marcelo Teixeira solicitou a Pedro Abad a saída do clube das Laranjeiras. Com as eleições antecipadas por perto, o ex-diretor imaginava que não continuaria no cargo de qualquer maneira, independente de quem entrar no comando do Tricolor - Mário Bittencourt, Ricardo Tenório e Marcelo Souto vão disputar as eleições no próximo dia 8 de junho.

Durante os quatro anos no cargo, Ricardo Teixeira remodelou as categorias de base do Fluminense por completo. O dirigente soube, em certa parte, suprir a saída da Unimed, que gerou, por consequência, um aumento dos problemas financeiros. Ele esteve no comando quando jogadores como Wendel e Gustavo Scarpa apareceram na equipe profissional.

Agora, os jovens Marcos Paulo e João Paulo, que também tiveram o 'dedo' do dirigente, colhem os frutos no time profissional. Ricardo Teixeira conquistou, entre as categorias sub-14 e sub-20, 35 títulos pelo Fluminense. O último destes foi a Copa Nike, da categoria sub-15, vencida no começo desse mês, em São Paulo. O meio-campista Arthur foi o destaque da equipe no título.

Mais Futebol