PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Péssimo início do Everton resulta em demissão de Ronald Koeman

23/10/2017 10h56

O péssimo início do Everton na temporada 2017/18 culminou na queda do técnico Ronald Koeman. Nesta segunda-feira, o clube de Liverpool anunciou a já esperada demissão do treinador holandês de 54 anos, que estava em sua segunda temporada no Goodison Park.

Koeman deixa o Everton na 18ª posição do Campeonato Inglês, ou seja, na zona do rebaixamento, com apenas duas vitórias em nove partidas até aqui. O último jogo do treinador sob o comando dos Toffees se deu no último domingo, contra o Arsenal, que goleou por 5 a 2, em Liverpool.

Via rede social, o Everton agradeceu os 16 meses de Ronald Koeman à frente do time azul e a sétima colocação na Premier League da temporada última.

A pressão para com Koeman era enorme, sobretudo pelo alto investimento do Everton para esta temporada. O ídolo Rooney retornou sem custos, mas alta grana foi investida em Sigurdsson, Pickford e Sandro Ramírez, por exemplo.

Esporte