PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Negociação não avança e Léo fica no Fluminense até o fim da temporada

28/08/2017 15h02

O lateral-esquerdo Léo defenderá o Fluminense até o fim da temporada. A transferência para o Genoa, da Itália, não vai ser concretizada, informou o empresário do jogador, Gauchinho, à "Rádio Brasil". O motivo é a falta de vagas para atletas estrangeiros no clube, que esperava abrir espaço para Léo com a venda de outro jogador extracomunitário, mas não houve tal acerto.

Assim, o camisa 15 seguirá como titular do time do técnico Abel Braga, condição que reconquistou nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

- Ele teve esse proposta do Genoa, mas não sacramentou porque o clube estava fazendo a venda de um outro jogador na qual sobraria uma vaga de extracomunitário. Como ele não tem passaporte comunitário, preencheria essa vaga, mas o Genoa acabou não realizando essa negociação e a vaga do Léo passou a não existir. Até o final da janela (dia 31 de agosto) não terá mais a oportunidade dele ser negociado - disse Gauchinho à "Rádio Brasil".

A proposta do Genoa por Léo chegou ao Fluminense no início de junho e as condições agradaram o staff do jogador e o clube das Laranjeiras. A princípio, seria um empréstimo por uma temporada com opção de compra. O lateral-esquerdo chegou a não ser relacionado por Abel Braga de jogos do Brasileiro por conta da negociação. No entanto, o técnico voltou a utilizá-lo depois.

A permanência de Léo no Tricolor fará com que Mascarenhas, de apenas 18 anos, volte ao time sub-20 integralmente. O jovem havia subido para o time principal - e até foi titular no Brasilerão e na Sul-Americana -, mas perdeu espaço após a contratação do lateral-esquerdo Marlon, vindo do Criciúma.

Esporte