PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ceará entrará com representação na Conmebol por racismo de torcedores do Independiente

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

26/05/2022 17h13

Na última quarta-feira, o Ceará foi até a Argentina para enfrentar o Independiente, pela Sul-Americana, e saiu com a vitória por 2 a 0, garantindo os 100% de aproveitamento na fase de grupos do torneio. Porém, a partida ficou novamente marcada por atos racistas de torcedores locais.

Em nota oficial, o Ceará lamentou os episódios e comunicou que vai entrar com representação oficial na Conmebol. O clube também afirmou que notificará o Independiente pelo ocorrido.

Vale lembrar que, na Libertadores, já foram registrados diversos casos de racismo por parte de torcedores argentinos em jogos contra equipes brasileiras. Aconteceram nos dois jogos entre Corinthians e Boca Juniors, além do confronto entre River Plate e Fortaleza.

Confira a nota oficial divulgada pelo Ceará: 

"Na noite da última quarta-feira, 25, vivemos uma noite mágica na Argentina. Em Avellaneda, o Ceará Sporting Club fez história e em uma partida histórica, passou pelo gigante Independiente em seus domínios. Ainda que tenhamos muito o que comemorar pelo que foi alcançado, poucos presentes insistiram em tentar manchar o ocorrido em mais um episódio de racismo e xenofobia contra torcedores alvinegros presentes no estádio.

O Ceará Sporting Club repudia os atos de alguns torcedores do Indepediente e reafirma que atos como os ocorridos no Estádio Libertadores de América devem ser excluídos não somente do ambiente do futebol, mas de nossa sociedade como um todo.

O Ceará vem, também, comunicar que entrará com uma representação oficial junto à CONMEBOL e notificará oficialmente o Club Atlético Independiente.

O Time do Povo não carrega esta alcunha por acaso, é um clube de todos e exige que os que carregam o preto e branco no peito sejam respeitados onde quer que estejam fazendo valer o lema de não abandonar o Alvinegro de Porangabuçu".

Futebol