PUBLICIDADE
Topo

Lateral do Corinthians e da seleção, Tamires é eleita Rainha da América

Tamires em ação pelo Corinthians, contra o Nacional-URU, pela Libertadores Feminina - Reprodução/Twitter
Tamires em ação pelo Corinthians, contra o Nacional-URU, pela Libertadores Feminina Imagem: Reprodução/Twitter

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

31/12/2021 11h45

No último dia do ano, o jornal uruguaio El País divulgou os resultados do tradicional prêmio Rei da América, que reconhece os principais valores do futebol sul-americano. Em 2021, pela primeira vez tivemos a Rainha da América, como reconhecimento do avanço do futebol feminino no continente. A lateral esquerda Tamires, do Corinthians, venceu a primeira edição.

Tamires conquistou o prêmio com 30 votos, um a mais em relação a Catalina Usme, do América de Cali. Gabi Zanotti, também do Timão, ficou na terceira posição, com 20 votos.

Além de ser indiscutível no Corinthians, Tamires disputou os últimos Jogos Olímpicos pela seleção brasileira e faz parte dos planos da técnica Pia Sundhage para o próximo ciclo.

Versátil, Tamires pode atuar como lateral ou como ponta, posição que faz mais pelo Corinthians. Na temporada, são 38 jogos e nove gols anotados pelo Alvinegro.

Outras jogadoras do Corinthians apareceram na votação para Rainha da América, como Adriana (16 votos), Vic Albuquerque (sete), Gabi Portilho (quatro), Gabi Nunes e Andressinha (dois), e Diany (um).

A temporada do futebol feminino do Corinthians foi espetacular. O Timão conquistou o Campeonato Brasileira, a Copa Libertadores e o Campeonato Paulista.