PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pochettino confirma Messi no duelo com o City e esclarece polêmica entre Neymar e Mbappé

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

27/09/2021 13h10

O técnico do PSG, Mauricio Pochettino, concedeu uma entrevista coletiva, nesta segunda-feira, antes da partida contra o Manchester City, pela Liga dos Campeões, nesta terça, em Paris. O argentino confirmou a presença de Messi para o duelo, mas não garantiu que o camisa 30 será titular.

"O Messi treinou bem e está disponível para jogar. Nunca confirmo a equipe antes e vamos esperar até amanhã", disse.

Contra o Lyon, pelo Campeonato Francês, o atleta se lesionou e desfalcou a equipe nos últimos dois jogos. Nesta temporada, Messi participou de três partidas e ainda não balançou as redes. Contudo, isso não é um problema para Pochettino, que afirmou que o jogador precisa de tempo para se adaptar ao novo clube.

"Ele é o melhor jogador do mundo, mas é um homem como todo mundo. Ele também precisa se adaptar a essa nova equipe, a essa nova cultura e a esse novo país. Ele ficou 20 anos em Barcelona, ??tudo é novo aqui para ele. Com o tempo, realmente não tenho dúvidas de que tudo vai ficar bem e que vamos ter um verdadeiro sucesso todos juntos", comentou.

Outro atleta que estava lesionado e que pode voltar ao plantel francês é o meio-campista Marco Verratti. O italiano se machucou durante a Data Fifa e retornou aos treinos recentemente.

Desfalque certo na equipe do PSG será Di María. O jogador cumpre punição e não poderá entrar em campo.

Atrito entre Neymar e Mbappé

Na vitória contra o Montpellier, no último sábado, Mbappé foi substituído no segundo tempo e não ficou muito satisfeito. A emissora "Canal+" relatou imagens do atacante francês reclamando de que certo jogador não tocava a bola para ele, e que este atleta seria Neymar. Questionado sobre a polêmica, Mauricio Pochettino afastou qualquer atrito entre os dois jogadores.

"Eles são meninos muito bons. No futebol, esse tipo de coisa acontece entre os jogadores. Aqui, o objetivo permanente é vencer. Fez muito barulho fora do grupo, mas internamente não foi nada. Os dois conversaram, eu também conversei com eles e você viu que no treino eles estavam rindo", esclareceu

Futebol